pube
Geral

Polícia suspeita de capina química em área de preservação no ES

A Polícia Militar Ambiental por meio de denúncias anônimas esteve em uma propriedade rural do município de São José do Calçado

por Redação Conexão Safra

em 22/01/2015 às 0h00

2 min de leitura

pube

A Polícia Militar Ambiental por meio de denúncias anônimas esteve em uma propriedade rural do município de São José do Calçado, dia 15 de janeiro, a fim de averiguar uma suposta capina química, com uso de agrotóxicos em área de preservação permanente. No local, a equipe constatou a existência de vestígios da aplicação de herbicida em aproximadamente 300 metros às de um pequeno córrego.

Segundo as denúncias, a capina química também foi utilizada em uma plantação de cana-de-açúcar da propriedade, sendo tudo registrado em boletim de ocorrência ambiental com relatório fotográfico, o qual além de ser protocolado junto a delegacia de Polícia Civil, será também encaminhado através de ofício ao escritório do
Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), para que seja expedido um laudo conclusivo com parecer técnico.

Durante as diligências os policiais encontraram e apreenderam um catatau, um bigodinho e um coleiro que estavam sendo mantidos em cativeiro irregularmente, além de três gaiolas e um alçapão.



Segundo o sargento José Miguel, da Polícia Ambiental, se for comprovado o uso de herbicida, o responsável sofrerá duas penalidades, uma será a detenção, que ficará a critério do juiz, e a outra será uma multa, que deve ser aplicada por um engenheiro especializado do Idaf, concluiu.

O uso de produtos químicos em área de preservação permanente, não é permitido pela legislação ambiental nº 9.605/98, e para ser usado nas áreas para agricultura, precisa de prévio receituário assinado por profissional habilitado, porém, não é permitida a aplicação desses produtos nas áreas de preservação permanente, uma vez que podem causar danos a saúde das pessoas, além de contaminar o meio ambiente.

Alerta:
O cidadão que necessitar fazer uso de produtos químicos em lavouras precisa buscar orientações técnicas junto a profissionais habilitados ou buscarem apoio nos órgãos de extensão rural de Governo, como Incaper e Idaf, pois, lá encontrarão os técnicos habilitados, e, receberão informações acerca da aquisição e do correto uso de produtos químicos.
Fonte: Grupo Folha do Caparaó de Comunicação (GFC)

pube