pube
Geral

Municípios do extremo norte capixaba recebem o Cores da Terra

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) tem desenvolvido o Cores...

por Redação Conexão Safra

em 12/03/2015 às 0h00

2 min de leitura

pube
O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) tem desenvolvido o Cores da Terra em municípios do extremo norte capixaba. Organizados pelos escritórios locais do Instituto em Nova Venécia, São Mateus, Pancas e Boa Esperança, foram realizados em fevereiro e março deste ano, cursos sobre o programa em comunidades contempladas pelo projeto ATER &ndash, Sustentabilidade, convênio do Incaper com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Com objetivo de multiplicar a técnica, os eventos tiveram carga horária total de 76 horas e participação de 95 pessoas. Na programação do curso, conteúdos como fabricação de tinta a partir da terra e componentes (água e cola), pintura de paredes e telas, vasos de cerâmica e caixas de MDF. Durante as ações, foram pintadas casas, agroindústrias, igrejas, escola e a sede do projeto Araçá.

De acordo com economista doméstico do Incaper de Nova Venécia, Jozyellen Nunes da Costa, esse curso foi de grande valia, pois os participantes estão colocando em prática o que foi abordado no projeto. “Os alunos do curso Técnico em Meio Ambiente do Centro Estadual Integrado de Educação Rural de Boa Esperança (CEIER) que participaram da atividade, juntamente com os professores, estão preparando a tinta para pintar a parede do refeitório e realizando oficinas em outras escolas para a multiplicação da técnica ”, destacou.

No município de Nova Venécia durante o mês de março, o escritório local do Incaper realizará outra atividade voltada para o Cores da Terra, que será a pintura de 14 estações da Via Sacra, no Santuário da Mãe Peregrina &ndash, Gameleira, dentro da Área de Proteção Ambiental da Pedra do Elefante (APA), com a tinta proveniente da terra. A ação será realizada pelos participantes do curso. “Para isso será feito um mutirão. A nossa meta é terminar antes da Páscoa, pois na Sexta-feira da Paixão terá missa no local e gostaríamos que a pintura ficasse pronta antes dessa data ”, ressaltou Jozyellen.


Fonte: Incaper

pube