Geral

Linhares está entre os 100 municípios do Brasil com maior participação do agronegócio na economia

por Redação Conexão Safra

em 23/07/2015 às 0h00

6 min de leitura

Linhares está entre os 100 municípios do Brasil com maior participação do agronegócio na economia

Município é um dos três únicos do Espírito Santo a figurar na lista.

pube



Cerca de 7% de tudo o que é produzido em Linhares vem do agronegócio. O índice foi suficiente para colocar a cidade na 52ª posição da lista dos 100 municípios com maior participação de negócios rurais no Produto Interno Bruto (PIB) local no Brasil, de um universo de mais de 5 mil municípios. Os números foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na última estimativa do PIB dos municípios.

A contribuição do setor para o produto interno bruto municipal de 2012 foi de mais de R$ 283 milhões. Além de Linhares, dos municípios capixabas apenas Santa Maria de Jetibá (18ª posição com mais de R$ 486 milhões) e São Mateus (61ª posição com mais de R$ 278 milhões) aparecem na lista.

Produto Interno Bruto é a soma de toda riqueza produzida em determinada região num período, contando as produções da indústria, do agronegócio e do setor de serviços. É usado para mensurar o crescimento da economia, seja localmente, estadualmente ou nacionalmente.

Ao que parece, apesar dos problemas com pragas, enchentes e falta d’água dos últimos anos, o agronegócio linharense tem crescido. No último censo agropecuário divulgado pelo IBGE em 2006, a população rural de Linhares era de 11.974 pessoas, número que saltou para 19.739 em 2010, segundo o censo demográfico daquele ano.

“”As terras de Linhares são atrativas ao produtor rural por serem mais agricultáveis, ou seja, por terem mais água e por serem mais planas, com terreno pouco acidentado””, explica o secretário de agricultura de Linhares, Mauro Rossoni Junior.

Foi o que trouxe Maurício Campi, de 52 anos, de Rio Bananal a Linhares, há 25 anos. Primeiro, ele e sua esposa moraram na zona urbana do município, mas logo buscaram o campo. “”Trabalhei de motorista na cidade até quando pude, mas tudo o que tenho hoje foi a roça que me deu. Quando nos mudamos pro interior a roça não tinha nem energia, nem um atrativo sequer. Hoje, devido ao que conquistei, até meus irmãos vieram pra cá””, explicou Maurício.

Hoje com dois filhos, o casal produtor de café não se imagina em outro lugar. “”Deveríamos ter vindo antes. Tudo o que plantamos aqui dá. O terreno é baixo, tem bastante água e é perto da cidade””, conta a mulher de Maurício, Maria Aparecida Ferrarini Campi, de 42 anos.

Linhares Rural

O aumento da população rural ou ligada à região rural não é de se estranhar quando os números retratam a realidade do município com maior território rural do Espírito Santo. Linhares é o único no Espírito Santo a ultrapassar a marca de 3 mil de quilômetros quadrados de território total, sendo 92% dessa área zona rural.

A produção agropecuária linharense impressiona. Só em 2013, foram produzidos no município cerca de 644 milhões de quilos de cana de açúcar, mais de 4 milhões de quilos de tilápia, 75 mil toneladas de mamão, 20 mil de café e 4 mil de cacau. Na pecuária, o rebanho bovino passou de 160 mil cabeças.

A expectativa da Secretaria Municipal de Agricultura, Aquicultura, Pecuária e Abastecimento é de que, nos próximos anos, a cafeicultura e a pecuária mantenham alta produtividade ocupando menos área.

“”As terras hoje ocupadas com café de baixa qualidade e rentabilidade serão renovadas por novos plantios com novas variedades e maior incremento tecnológico. Ainda podendo promover uma diversificação, com o plantio de florestas comerciais como eucalipto e seringueira ou ainda, a quem necessitar, transformar em áreas de preservação ambiental””, diz o secretário Mauro.

Outra meta é investir na recuperação da alta produtividade na cacauicultura e ampliar os projetos de criação de peixes e camarões para consumo nacional.

Os números da zona rural linharense

Posição de municípios capixabas na lista de Produto Interno Bruto dos Municípios em 2012

Santa Maria de Jetibá
Posição estadual: 1º
Posição nacional: 18º
Valor adicionado pelo agronegócio ao PIB: R$ 486.459.000,00

Linhares
Posição estadual: 2º
Posição nacional: 52º
Valor adicionado pelo agronegócio ao PIB: R$ 283.937.000,00

São Mateus
Posição estadual: 3º
Posição nacional: 61º
Valor adicionado pelo agronegócio ao PIB: R$ 278.692.000,00

População rural ou ligada à área rural de Linhares segundo Censo Agropecuário de 2006
Total: 11.974

População rural ou ligada à área rural de Linhares segundo Censo Demográfico de 2010
Total: 19.739

Estimativa da população total de Linhares em 2014
Total: 160.765

Estimativas mais recentes da produção rural linharense em 2013

Pecuária
Codornas – 590 cabeças
Galináceos no geral – 1.230.550 cabeças
Galinhas em específico – 44.820 cabeças
Leite de vaca – 29.259.000 litros
Leite de vaca – valor da produção – R$ 28.967.000,00
Mel de abelha – 1.800 Kg
Mel de abelha – valor da produção – R$ 18 mil
Ovos de galinha – 164 mil dúzias
Ovos de galinha – valor da produção – R$ 515 mil
Ovos de codorna – 9 mil dúzias
Ovos de codorna – valor da produção – R$ 21 mil
Rebanho bovino – 160.736 cabeças
Rebanho equino – 3.599 cabeças
Rebanho bubalino – 1.913 cabeças
Rebanho suíno – 5.780 cabeças
Rebanho e matrizes suínas – 865 cabeças
Rebanho caprino – 768 cabeças
Rebanho ovino – 1.950 cabeças
Rebanho de vacas ordenhadas – 32.153 cabeças
Tilápias – 4.050 toneladas – R$ 14.985.000,00

Lavoura Permanente
Banana (cacho) – 11.500 toneladas – R$ 7.556.000,00
Borracha (látex coagulado) – 525 toneladas – R$ 866.000,00
Cacau (em amêndoa) – 3.918 toneladas – R$ 18.904.000,00
Café (em grão) – 19.871 toneladas – R$ 77.298.000,00
Coco-da-baía – 27.700.000 frutos – R$ 15.149.000,00
Goiaba – 400 toneladas – R$ 472 mil
Laranja – 1.800 toneladas – R$ 1.602.000,00
Limão – 4.200 toneladas – R$ 4.158.000,00
Mamão – 75.000 toneladas – R$ 55.313.000,00
Manga – 144 toneladas – R$ 72 mil
Maracujá – 3 mil toneladas – R$ 4.050.000,00
Palmito – 74 toneladas – R$ 89 mil
Pimenta-do-reino – 240 toneladas – R$ 2.802.000,00
Tangerina – 540 toneladas – R$ 377 mil

Lavoura Temporária
Abacaxi – 150 mil frutos – R$ 182 mil
Cana de açúcar – 644 mil toneladas – R$ 27.434.000,00
Feijão (em grão) – 315 toneladas – R$ 852 mil
Mandioca – 18 mil toneladas – R$ 6.795.000,00
Milho (em grão) – 2.400 toneladas – R$ 1.278.000,00

PIB Total de Linhares em 2012
R$ 4.092.257.000,00

Território de Linhares em m²
Perímetro urbano – 269.097.989,780
&Aacute,rea rural – 3.231.034.690,144
Total – 3.500.132.679,924

Fonte: Prefeitura de Linhares

pube