pube
Geral

GranExpoNorte & Brasil PapayaFest acontecem em abril

A grande novidade da feira deste ano é a ampliação das áreas demonstrativas

por Redação Conexão Safra

em 11/02/2014 às 0h00

5 min de leitura

O maior evento do agronegócio do Norte do Espírito Santo está de volta! GranExpoNorte & Brasil PapayaFest, que movimentaram mais de R$ 50 milhões em negócios em sua primeira edição, voltam ao Parque de Exposições de Linhares de 2 a 5 de abril. A feira será palco de negócios, debates técnicos, intercâmbio e espaço para produtores rurais, instituições financeiras, governos, técnicos e empresários se encontrarem e discutirem temas do setor com foco nas alternativas de investimentos para recuperação das áreas agrícolas e pastagens impactadas pelas cheias.

Com área ocupada estimada em 30 mil metros quadrados, o evento contará com estandes expositivos, espaço para palestras e outras programações técnicas, espaço gourmet com aulas-show, exposição, leilão de animais e torneio leiteiro, áreas demonstrativas, feira de máquinas, equipamentos e serviços, apresentações culturais, praça de alimentação, entre outros espaços. Tudo isso envolvendo as mais diversas áreas do agronegócio capixaba, como pecuária de leite e de corte, ovinocaprinocultura, fruticultura, pesca e aquicultura, cacauicultura, culturas de pimentas, cafeicultura, silvicultura, setor sucroalcooleiro, avicultura, suinocultura, equinocultura e apicultura.

A grande novidade da feira deste ano é a ampliação das áreas demonstrativas. Pátio para apresentações de máquinas e implementos agrícolas, plantios para demonstrações de técnicas de irrigação e manejo de solo, aquários e lagos para apresentação de novas tecnologias do setor aquícola, entre outros pontos, prometem mostrar na prática as novidades do setor.

Na área da pecuária, a maior expectativa do ano é a participação dos equinos. No evento de 2013, parte da programação com cavalos precisou ser suspensa por conta de casos de mormo no Espírito Santo. Segundo o coordenador da exposição pecuária, Zezinho Boechat, a novidade do setor é a realização de uma mostra de gado de corte, importante segmento da pecuária da região. Provas de Tambor e leilões também prometem movimentar o setor.

pube


Novidades


O Brasil PapayaFest também traz novidades. Uma área plantada de mamão vai demonstrar a tecnologia aplicada na cultura que é destaque internacionalmente. Haverá demonstração do processo de lavagem e embalagem da fruta, além da programação técnica com diversos temas em pauta do setor. O Prêmio Produtor do Ano traz em sua segunda edição premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados.

Para o presidente da Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Papaya (BRAPEX), Rodrigo Pontini Martins, o evento valoriza o trabalho do homem do campo ao mesmo tempo em que oportuniza importantes parcerias pós-chuvas. “”O produtor de mamão vem sofrendo com vários problemas causados pela enchente de 2013, mas a mensagem é não desistir nunca. Não podemos cruzar os braços. O evento traz várias oportunidades para ajudar o produtor a se reerguer e é um marco de rejuvenescimento do setor. O Brasil PapayaFest é o principal centro de discussões do mamão brasileiro””, afirmou.

O prefeito de Linhares, Nozinho Correa, também vê na feira uma oportunidade importante de reaquecimento do setor. “”Valorizar o nosso produtor nunca é demais. Em um momento de reconstrução como o que passa nossa cidade, ter um espaço para divulgar o que produzimos no meio rural é importantíssimo. No ano passado o evento foi um sucesso e este ano será ainda melhor. Não se trata de gasto e sim de investimento, pois tudo vai retornar para o município em forma de negócios e informação para o produtor””, garantiu Nozinho.

Segundo o secretário de agricultura de Linhares, José Roberto Macedo Fontes, o intercâmbio entre produtores rurais torna a feira ainda mais rica. “”A primeira edição do evento ficou marcada pelo retorno dado ao homem do campo. Trata-se de um local de troca de experiências que, com certeza, será ainda mais importante agora, que vivemos um momento de reestruturação das atividades agropecuárias do município””, aponta o secretário.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Linhares, Antonio Roberte Bourguignon, a GranExpoNorte e o Brasil PapayaFest levam informação aos segmentos agrícolas. “”A finalidade do evento é agrupar pessoas do segmento e levar informação sobre novas tecnologias e novas ramificações do agronegócio. A expectativa da feira é crescer de forma responsável, com passos curtos, mas consistentes. A proposta é chegar a um tamanho ideal, compatível com um público visitante de Linhares e do norte do estado, com um bom nível de participação empresarial e política, e a presença expressiva de produtores grandes, médios, pequenos ou familiares, os quais geram bons negócios e trocas de experiências””, garantiu o presidente do Sindicato Rural.

A GranExpoNorte & Brasil PapayaFest ocorrem da quarta-feira, 2 de abril, ao sábado, 5, com entrada gratuita. De quarta a sexta, das 14 às 18h, haverá programação para convidados especialmente direcionada a produtores rurais, técnicos e estudantes pré-inscritos. Das 18 às 22h, a feira é aberta ao público, assim como será no sábado, das 10 às 22h. A decisão de não realizar o evento até o domingo (6) se deu para facilitar a volta para casa dos municípios distantes que participarão da feira, além de reforçar o caráter de negócios do evento.

A Exposição Agropecuária Norte Capixaba (GranExpoNorte) e o Festival Nacional do Mamão (Brasil PapayaFest) são realizados pelo Sindicato Rural de Linhares, pela Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Papaya (Brapex), tem como principal apoiadora a Prefeitura de Linhares, através da Secretaria Municipal de Agricultura, a promoção é do Governo do Estado do Espírito Santo, da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/ES), a organização é da GranExpoES.


Fonte: Seag

pube