pube
Giro pelo Mercado

Analistas afirmam que carne suína brasileira deverá ter outro ano positivo em 2016

por Redação Conexão Safra

em 01/02/2016 às 0h00

1 min de leitura

pube
O setor de carne suína brasileiro deverá ter um desempenho positivo em 2016, beneficiado pela desvalorização do real ante o dólar favorecendo a competitividade nas exportações e por um forte consumo doméstico desta proteína animal, avaliam analistas do Rabobank em relatório.

“Preços de grãos em real (moeda brasileira) deverão subir como resultado do impacto do fortalecimento do dólar durante 2016 ”, avaliam os analistas.

“No entanto, o bom cenário para as exportações de suínos &ndash, juntamente com as projeções positivas para o consumo doméstico &ndash, devem sustentar mais um ano positivo para a indústria de suínos. ”

O Rabobank afirma que apesar do cenário econômico desafiador no Brasil, o consumo de carne suína deve se manter firme durante o primeiro semestre de 2016, diante de uma expectativa de redução na oferta de carne bovina. Os preços da carne suína, porém, deverão ficar apenas “levemente acima ” daqueles praticados no quarto trimestre de 2015, diante de um cenário doméstico desafiador e preços internacionais baixos.


Fonte: CarneTec

pube