pube
Geral

Municípios capixabas lideram produções nacionais de mamão, pimenta-do-reino e café conilon

Já para o café arábica, Brejetuba é o município capixaba mais bem colocado na lista de produtores brasileiros

por Redação Conexão Safra

em 08/11/2013 às 0h00

2 min de leitura

O município de Pinheiros é o maior produtor de mamão do Brasil. Os mesmos destaques têm São Mateus, quando o assunto é pimenta-do-reino, e Jaguaré com a produção de café conilon. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Espírito Santo possui ainda outras cidades com produções agropecuárias destacadas entre os 5.561 municípios brasileiros.

Ainda na cultura do mamão, Linhares (4º), São Mateus (5º), Montanha (6º), Sooretama (10º), Pedro Canário (19º) e Jaguaré (22º) são os outros municípios capixabas entre os maiores produtores da fruta no Brasil.

pube

No café conilon, dos 25 municípios maiores produtores, 22 são capixabas. Jaguaré encabeça a lista nacional, seguido de perto por Vila Valério, e na sequência estão Sooretama, Linhares e Rio Bananal. Já para o café arábica, Brejetuba é o município capixaba mais bem colocado na lista de produtores brasileiros, na 14ª colocação, onde o principal produtor é Patrocínio (MG).

“Possuímos no Espírito Santo o menor e melhor resumo do quando natural brasileiro, o que permite a condução comercial de muitas atividades agropecuárias. Essa realidade é importante aliada na diversificação agrícola, principalmente para a cultura do café. Somando isso à capacidade empreendedora dos nossos agricultores e aos investimentos existentes no Estado para alavancar o setor, alcançamos ao longo dos anos posição de referência em muitas atividades ”, destacou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Enio Bergoli.

Na produção de ovos de galinha e de codorna, o município de Santa Maria de Jetibá aparece como segundo e quarto produtor nacional, respectivamente. São Mateus é outro município capixaba com destaque evidente em mais de uma cultura, ocupando a segunda colocação nacional na produção de coco-da-baía.

O levantamento do IBGE apresenta ainda destaques para municípios capixabas nas produções de cacau (Linhares 12º), maracujá (Jaguaré 13º) abacaxi (Marataízes 14º e Presidente Kennedy 25º), goiaba (São Roque do Canaã 19º) e abacate (Venda Nova do Imigrante 22º).


Fonte: Seag

pube