Geral

Agricultores degustam e classificam arábica especial em Iúna

Curso de degustação e classificação de café arábica em Iúna.

por Redação Conexão Safra

em 30/05/2016 às 0h00

2 min de leitura

Agricultores degustam e classificam arábica especial em Iúna

pube
Um curso de degustação e classificação de café arábica foi realizado no município de Iúna na terça-feira (24). Cerca de 20 agricultores familiares do município que trabalham com cafés especiais, puderam contar com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), por meio da orientação dos técnicos do escritório local (EDLR) de Brejetuba.

A maioria dos participantes foram os ganhadores do concurso de qualidade de café arábica de Iúna, no ano de 2015. Na parte teórica, os extensionistas do escritório local do Incaper em Brejetuba, Fabiano Tristão Alixandre (chefe local) e Douglas Gonzaga de Sousa, explicaram como produzir cafés especiais.

Em um segundo momento, foi feita a classificação e degustação dos cafés. “Foi um curso muito produtivo e com grande aproveitamento dos agricultores. Iúna é o segundo maior produtor de café arábica do Espírito Santo e vem investindo muito em cafés de qualidade ”, reforçou o chefe do escritório local do Incaper em Iúna, Matheus Fonseca de Souza.

Os fatores que mais colaboram para a geração de renda dos cafeicultores, especialmente os agricultores familiares, é o uso de tecnologias de colheita e pós-colheita, que contribuem para obtenção de café de qualidade superior, a baixo custo e de fácil implantação. A sustentabilidade da atividade cafeeira, passa pelo atendimento às exigências ambientais e sociais e, principalmente, à adoção das novas tecnologias, o que permite gerar renda ao setor produtivo e aos demais elos do agronegócio.

Fonte: Incaper

pube