pube
Anuário 2021

Morango tem o melhor ano desde 2014

por Fernanda Zandonadi

em 05/04/2022 às 10h02

2 min de leitura

Morango tem o melhor ano desde 2014

Foto: Leandro Fidelis

A produção de morango do Espírito Santo chegou às 14,3 mil toneladas em 2020, o melhor número dos últimos anos. A área plantada teve um ligeiro aumento, passando de 260 hectares em 2019 para 287 hectares em 2020. 

A importância da produção é grande no Estado. Tanto que o Espírito Santo participou, no final de 2020, da instalação do projeto em rede “Morangos do Brasil”, junto com Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. O objetivo foi discutir o enfrentamento das dificuldades encontradas na cadeia produtiva, principalmente, entre os agricultores familiares, e dar início às atividades conjuntas a fim de minimizar os impactos econômicos na cadeia produtiva.

Entre os problemas discutidos e enfrentados por produtores, está a dependência de mudas importadas, que correspondem a mais de 80% do custo de produção do morango no Brasil. Para dar uma ideia, a despesa é de cerca de R$ 140 mil por hectare. Outro problema que precisa de resolução é a baixa adaptação dessas mudas às condições do Brasil – que dificulta o aumento de produtividade.

O grupo decidiu elaborar um documento informativo com estudos feitos por extensionistas, pesquisadores e produtores que abordaram as facilidades, entraves e demandas dos Estados para enviá-lo aos órgãos competentes nas esferas municipal, estadual e federal. O documento tem como objetivo inicial unir esforços dos Estados que participam da cadeia produtiva de morango para encontrar soluções viáveis aos problemas relacionados à cultura.