pube
Geral

Safra: manga está em oferta na Ceasa do Espírito Santo

Consumida in natura, ou em preparo de receitas de doces como mousse, manjar e em sucos, a manga possui uma polpa suculenta e apresenta muitos benefícios à saúde

por Redação Conexão Safra

em 23/12/2013 às 0h00

3 min de leitura

A manga é a segunda fruta tropical mais consumida no mundo. No Brasil, as regiões sudeste e nordeste se destacam na produção devido ao clima favorável de plantio. No Espírito Santo, os municípios que lideram a oferta da manga são Afonso Cláudio, Laranja da Terra, Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Boa Esperança, Brejetuba, Colatina, Domingos Martins, Itaguaçu, Itarana, Mantenópolis e Santa Teresa.

Entre eles, o município de Laranja da Terra se destaca nas vendas no mercado das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES) com 310.520 quilos comercializados de manga tommy, 130 mil quilos de manda espada e 80.320 quilos de manga haden. De janeiro até o início de dezembro foram vendidos 11.195.315 quilos da fruta, gerando um montante de R$19.968.603,98.

Consumida in natura, ou em preparo de receitas de doces como mousse, manjar e em sucos, a manga possui uma polpa suculenta e apresenta muitos benefícios à saúde. Na Ceasa/ES pode ser encontrada várias variedades da fruta como a manga palmer, a tommy, a haden, a espada e a manguita. O preço médio ofertado está a R$1,78 o quilo.

Segundo a nutricionista Matilde Aparecida Alves, a fruta é rica em vitamina C e A. “”A vitamina C é antioxidante, um importante aliado no combate ao envelhecimento, aumentando a absorção de ferro no organismo.
A manga possui vitamina A que garante a saúde da visão, e ambas (vitamina A e C) contribuem para a formação de colágeno, uma proteína fundamental para a elasticidade da pele.
A fruta possui fibras solúveis que estão na polpa que auxiliam na redução do nível do colesterol, o LDL no sangue e prevenindo doenças cardiovasculares. Ajuda no congestionamento intestinal, evitando constipações e reduzindo o risco de câncer de cólon ”, explica a nutricionista.


pube

Curiosidades


Para escolher a fruta é importante avaliar a casca, que não deve apresentar batidas, rachaduras ou manchas escuras. Cada 100 gramas de manga têm em média 60 kcal, duas ou três unidades da manguita, por exemplo, também correspondem a esse valor.

“Não há um limite de recomendação para o consumo de manga. Ela pode ser consumida sempre que estiver disponível, no entanto, deve-se considerar que é uma fruta calórica. Há uma crença popular que “manga com leite faz mal ”. Acredita-se que a origem desta crença está relacionada a um contexto social e econômico de época, pois reza a lenda que na época do Brasil colônia, a fruta era considerada
“nobre ” e que só poderia ser consumida por pessoas de classe alta. Por isso, os escravos das fazendas não poderiam consumi-la. Já o leite, que era de fácil acesso, era consumido pelos escravos, mas os senhores alertavam que a mistura da manga com leite faria mal ”, lembra Matilde.


Para saborear a manga, que tal fazer uma receita saborosa de manjar?


Manjar de Manga


Ingredientes

2 mangas grandes (800g), 1 xícara (chá) de açúcar, 6 colheres (sopa) de amido de milho, 3 xícaras (chá) de leite, 1 vidro de leite de coco (200ml), 1 colher (sobremesa) de manteiga

Para decorar: cubos de manga e folhas de hortelã


Modo de preparo

No liquidificador bata as mangas, o açúcar, o amido de milho, o leite, o leite de coco e a manteiga. Coloque em uma panela, cozinhe no fogo brando, mexendo sem parar até engrossar. Coloque em uma forma própria para pudim, untada com manteiga e polvilhada com açúcar. Leve à geladeira até firmar. Desenforme e decore com cubos de manga e folhas de hortelã. Sirva o manjar de manga com chantilly.


Fonte: Ceasa/ES

pube