pube
Geral

Projeto Plantadores de Água reúne agricultores em Alegre neste sábado (14)

por Redação Conexão Safra

em 13/12/2013 às 0h00

3 min de leitura

Durante os Dias de Formação, os agricultores serão estimulados a refletir, por meio de utilização de metodologias participativas, sobre questões como a problemática ambiental atual


pube


Será realizada neste sábado (14), no sítio Jaqueira, em Alegre, a segunda capacitação do Projeto Plantadores de Água. O Projeto, que é patrocinado pelo Programa Petrobras Ambiental, é fruto da parceria entre o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alegre, a Rede da Agricultura Familiar (RAF), o Grupo de Agricultura Ecológica Kapixawa, o Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural (Incaper) e o Centro de Ciências Agrárias da Ufes e as Associações de Agricultores das comunidades de São Esperidião, Lagoa Seca, Gabriel Vargas e Bom Sucesso dos Coqueiros.

O primeiro encontro foi realizado no último sábado (07), e reuniu cerca de 100 pessoas de diversas comunidades. Os encontros, denominados Dia de Formação, Integração e Mobilização, serão promovidos aos sábados nos meses de dezembro e janeiro e terão como objetivo formar multiplicadores para o Plantio de Água, por meio da demonstração de um conjunto de técnicas utilizadas para a captação das águas da chuva de maneira a reduzir seu rápido escoamento, perda de solo e proporcionar o abastecimento dos lençóis freáticos.

“Na ocasião, pudemos falar aos agricultores sobre o Programa Reflorestar, como uma oportunidade para realizar o reflorestamento de áreas de importância hídrica, como nascentes, margens de rios e córregos e topos de morro, com incentivo financeiro do Governo do Estado. Além disso, o Incaper contribui com o Projeto por meio de ações de mobilização de agricultores e apoio técnico ”, falou a engenheira florestal do Incaper, Erica Turbay.

Durante os Dias de Formação, os agricultores serão estimulados a refletir, por meio de utilização de metodologias participativas, sobre questões como a problemática ambiental atual, o ciclo da água, a realidade da bacia do Rio Itapemirim, legislação ambiental, o plantio de água, a agroecologia e permacultura.

Além disso, serão demonstradas algumas das técnicas experimentadas pelo proprietário do Sítio Jaqueira, Newton Campos, que ao longo de 30 anos recuperou suas nascentes, controlou processos erosivos e promoveu a recuperação ambiental da propriedade. As técnicas que serão evidenciadas durante os dias de formação serão as caixas secas, os terraços de contenção, plantio de matas ciliares, plantios em áreas de recarga, cercamentos de nascentes e áreas de brejos e fossas sépticas biodigestoras.


Fonte: Incaper

pube