pube
Geral

Empresa faz reunião com produtores de cacau de Linhares para discutir parcerias e compra de amêndoas

Em reunião, prefeitura....

por Redação Conexão Safra

em 29/07/2015 às 0h00

3 min de leitura

Em reunião, prefeitura anunciou início de processo para cessão de terreno para sede da Cooperativa de Produtores de Cacau do ES.


Os produtores de cacau de Linhares já estão colhendo frutos da criação da primeira cooperativa de cacauicultores do Espírito Santo, a Coopercau. Pela primeira vez, uma grande indústria de chocolate conversou diretamente com os produtores de cacau da região para discutir modelos de parceria e a compra de matéria-prima.


“”Sempre negociávamos com atravessadores, o que reduz o lucro do produtor””, explicou o presidente da Coopercau, Emir de Macedo Gomes Filho. Na reunião, que aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (21), a Nestlé apresentou números atualizados do mercado do cacau no mundo e ouviu os cacauicultores locais. Representando a multinacional, o engenheiro agrônomo e gerente do Departamento Agrícola/Cacau da empresa, Guilherme Junqueira, afirmou que está entre os objetivos da organização zerar a importação de cacau para produção de chocolate no Brasil.

pube


Neste cenário, a Nestlé tem interesse em ajudar os produtores nacionais de cacau a aumentarem a qualidade de suas amêndoas. Novas reuniões acontecerão até que as parcerias entre indústria e produtores sejam fechadas de fato.


Município inicia processo de cessão de terreno para construção da sede da Coopercau


Criada este ano, a Cooperativa de Produtores de Cacau do Espírito Santo já tem 21 cooperados e vem recebendo total apoio da Prefeitura de Linhares por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Aquicultura, Pecuária e Abastecimento.


Durante a reunião com a Nestlé, o secretário de Agricultura, Mauro Rossoni Junior, anunciou que a prefeitura já iniciou um procedimento para cessão via contrato de comodato (posse temporária) de um terreno para a construção da sede da Coopercau.


“”O apoio da Secretaria de Agricultura tem sido consistente. Por meio da cooperativa conseguiremos melhores preços na venda de nosso produto e melhores condições de trabalho. Vamos, cada vez mais, encurtar a distância entre produtor e indústria””, comentou o presidente da cooperativa, Emir de Macedo Gomes Filho.


Para Xerxes Caliman, que produz cacau em Linhares há cerca de 30 anos, a notícia da cessão do terreno chegou com muita felicidade. “”Para nós, cacauicultores, essa é a melhor notícia dos últimos 10 anos! Mostra o quanto a administração municipal valoriza o cacauicultor e as milhares de famílias que vivem dessa atividade por aqui””, enfatizou.


Fonte: Prefeitura de Linahres

pube