pube
Geral

Caminhos do Campo: obras são retomadas em Viana

por Redação Conexão Safra

em 27/11/2015 às 0h00

5 min de leitura

pube
Centenas de moradores da área rural de Viana comemoraram a retomada das obras do programa Caminhos do Campo na região. O vice-governador César Colnago e o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, autorizaram o reinício da pavimentação da estrada que liga o bairro Jucu até Araçatiba e Mamoeiro à Rodovia BR 101, além do acesso à Fazenda Pau Lavrado. A assinatura da ordem de serviço para que a empresa retome os trabalhos foi realizada na manhã desta sexta-feira (27), no pátio da Escola de Ensino Fundamental de Araçatiba.

O trecho a ser pavimentado possui 9,4 quilômetros de extensão e as obras representam um investimento de R$ 4,58 milhões por parte da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). A expectativa é que a obra contribua para o desenvolvimento do agroturismo, aumentando o fluxo de visitantes na região. Araçatiba é uma localidade histórica, que abrigou umas das maiores fazendas jesuíticas do Brasil no período colonial, onde está situada a centenária Igreja de Nossa Senhora da Ajuda.

A pavimentação dos trechos de estrada também vai oferecer mais conforto e segurança para os moradores e facilitar o escoamento da produção agrícola das comunidades do entorno. Mel, borracha e cana-de-açúcar e leite estão entre os principais produtos da região.

O evento também contou com a presença dos prefeitos de Viana, Gilson Daniel, e de Domingos Martins, Luiz Carlos Prezoti Rocha, dos deputados estaduais Gilson Lopes e Marcelo Santos, do presidente da Ceasa, José Carlos Buffon, do presidente do Idaf, Júnior Abreu, além de lideranças comunitárias e políticas e representantes de associações de produtores rurais da região.

Ação com responsabilidade

O vice-governador César Colnago salientou que o Governo do Estado trabalha com responsabilidade e austeridade e não promete aquilo que não pode cumprir. “Quero garantir, em público, que essa obra agora sai. Nosso governo tem palavra. Não damos passo maior que a perna porque temos responsabilidade. O dinheiro já está no caixa e no prazo previsto estaremos aqui para entregar essa obra que vai atender à comunidade no seu dia a dia, os produtores rurais e alavancar o agroturismo dessa linda região. Além disso, vai favorecer o transporte de alunos, de pacientes a caminho do médico e outras demandas sociais. Todos serão beneficiados””, afirmou.

O secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, destacou que as obras do programa Caminhos do Campo estavam paralisadas desde o final do ano passado, a pedido do próprio Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Espírito Santo, por causa dos inúmeros cortes feitos no orçamento estadual pela gestão anterior.

“Em 29 de novembro do ano passado todas as 26 obras foram totalmente paralisadas. Quando assumimos o Governo percebemos que não havia recursos no orçamento 2015 para tocar essas obras. Com o apoio da Assembleia Legislativa conseguimos aprovar a criação do Fundo Especial de Apoio ao Programa Caminhos do Campo, o que nos permitiu captar R$ 60 milhões junto ao BNDES para que pudéssemos retomar essas obras ”, pontuou Octaciano Neto.

O secretário destacou que a expectativa é que as obras em Araçatiba durem em torno de 12 meses e gerem mais de 50 empregos diretos na região. “Além desses empregos gerados diretamente, as obras vão contribuir para o aquecimento da economia local, já que a oferta de serviços também tende a aumentar. O compromisso do Governo é concluir todas as 26 obras paralisadas pela gestão anterior até 2018 ”, frisou.

Leomar Guimarães, uma das lideranças comunitárias de Araçatiba, ressaltou que a obra era uma reivindicação antiga dos moradores. “Através desse asfalto vamos atrair empresas para a região. Ela vai melhorar o acesso ao nosso bairro também, vai facilitar para os professores que dão aula aqui, para os profissionais de saúde, para todos. Estamos muito felizes com a retomada dessa obra. A gente espera que ela traga o desenvolvimento e o progresso para a comunidade ”, afirmou.

Araçatiba

Araçatiba está localizada no município de Viana, distante aproximadamente 30 quilômetros de Vitória. O local abrigou a maior das quatro fazendas construídas pelos jesuítas no Espírito Santo, que foi considerada a mais importante no período colonial.
Depois da expulsão dos jesuítas do Brasil, em 1760, Araçatiba passou a pertencer ao coronel de Ordenanças Bernardino Falcão de Gouveia Vieira Machado e depois a Sebastião Vieira Machado, responsável pela reforma que deu os contornos atuais à Igreja Nossa Senhora da Ajuda – tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional -, a mais antiga das três igrejas centenárias de Viana, construída pelos índios ainda no século XVI.

A Fazenda de Araçatiba destinava-se à produção de açúcar. Seus limites estendiam-se pelos atuais municípios de Vila Velha, Cariacica, Viana e Guarapari. Historiadores atestam que era a maior fazenda da costa brasileira.

Caminhos do Campo

O programa Caminhos do Campo teve início em 2003 e é considerado o maior programa de infraestrutura voltado para o interior já realizado na história do Espírito Santo. Ao todo, já foram pavimentados 117 trechos de estradas vicinais por todo o Estado, totalizando mais de 860 quilômetros e um investimento de R$ 400 milhões.

O compromisso é concluir todas as 26 obras paralisadas pela gestão anterior até 2018. A pavimentação de cada trecho está sendo reiniciada de acordo com a mobilização das empresas. A próxima ordem de serviço para a retomada dos trabalhos será assinada neste sábado (28), a partir das 9 horas, em São Roque do Canaã.

São Roque do Canaã

Neste sábado (28), o vice-governador César Colnago e o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, autorizam o reinício das obras de pavimentação do acesso ao entroncamento da Rodovia ES 448 com a ES 357 até São Francisco de Assis, na área rural de São Roque do Canaã. A solenidade de assinatura da ordem de serviço será realizada a partir das 9 horas, em frente à Igreja Matriz de São Roque do Canaã.






pube