pube
Comunicação dos Parceiros

BRK lança desafio de acessibilidade em faturas de água e esgoto

Inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de junho por startups interessadas em apresentar soluções, que dão autonomia às pessoas com deficiência visual para acessarem suas contas de água e esgoto

por Assessoria de Imprensa

em 09/06/2022 às 9h58

3 min de leitura

BRK lança desafio de acessibilidade em faturas de água e esgoto

*Divulgação BRK Ambiental

A BRK em Cachoeiro de Itapemirim convida os empreendedores digitais do Espírito Santo a participarem de mais um desafio nacional da concessionária de água e esgoto: o “Desafio: Faturas Acessíveis”, lançado em parceria com a Liga Ventures – plataforma que conecta startups a grandes empresas para gerar negócios. A competição é direcionada às startups interessadas em apresentar soluções, que leve à autonomia de clientes com deficiência visual no acesso às faturas impressas e digitais da companhia.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de junho, por meio da página de página de inovação da BRK (https://inova.brkambiental.com.br/) ou pelo endereço do parceiro do projeto (https://ligamatch.com.br/challenge/faturas-acessiveis). As startups participantes devem estar adequadas à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e precisam ter como premissa o desenvolvimento seguro, ou seja, precisam enviar o teste de intrusão (pentest) realizado no produto. Também é imprescindível que a solução esteja voltada para a autonomia do cliente.

pube

Segundo o gerente comercial da BRK Ambiental em Cachoeiro, Roberland Fabre Mello, o objetivo é desenvolver soluções voltadas para as pessoas cegas e com baixa visão, com o desenvolvimento de sistemas que tornem as contas acessíveis para leitores e programas de audiodescrição, além de faturas transcritas para Braille, entregues aos clientes que desejam receber o material em mãos. Assim, os clientes conseguirão acessar todas as informações, como valores, vencimento e histórico de consumo, seja na fatura virtual ou na fatura física.

Roberland acrescenta que a BRK já conta com a opção de faturas em Braile no estado do Tocantins, e que o objetivo é expandir esse trabalho e oferecer soluções mais acessíveis aos clientes de todo o país. De acordo com o Startup Scanner, ferramenta da Liga Ventures que acompanha o mapa de startups capixabas, o Espírito Santo possui atualmente mais de 130 startups, distribuídas em 14 cidades.

“Sabemos do potencial criativo das startups capixabas, que hoje estão em diversos municípios do Espírito Santo, incluindo Cachoeiro de Itapemirim. Nossa expectativa é atrair o máximo de inscrições, dando visibilidade ao ecossistema de inovação local e oferecendo uma solução inovadora capaz de transformar a vida de muitas pessoas”, afirma Roberland Fabre.

A colíder do GT de PCDs do corporativo da BRK, Fabiana Nakamura-Müller, explica que fazer parcerias com o ecossistema de inovação faz parte da estratégia de inovação da empresa. “Quando essa estratégia está conectada com iniciativas de diversidade e inclusão, o potencial de inovação ganha uma dimensão social muito poderosa. A acessibilidade e autonomia aos nossos clientes com deficiência visual confere privacidade, independência e tem um grande impacto na qualidade de vida desse público. Com isso, contribuímos para essa inclusão e para o sentimento de pertencimento”, conclui.