Bento Venturim

Colunista Conexão Safra.

MAIS CONTEÚDOS
Colunistas

Crédito rural e oportunidades no campo para os produtores capixabas

por Bento Venturim

em 18/03/2022 às 14h21

3 min de leitura

O ano de 2021 trouxe muitos desafios para o empreendedor que atua no campo. A continuidade de uma pandemia sem precedentes foi responsável por incertezas quanto às possibilidades de crescimento e de avanço em todos os setores da economia. O segmento do agronegócio, por sua extrema importância para a sociedade, principalmente por conta da produção de alimentos, foi um dos que mais demandaram aportes financeiros no período.

Apesar dessa necessidade, muitos produtores esbarram com burocracia e portas fechadas para a obtenção de crédito para investir, custear e comercializar suas produções. É neste contexto que instituições como o Sicoob ES ganham destaque. 

Nós tentamos atuar ao máximo como braço direito de nossos associados, e é esse diferencial que nos coloca em evidência em períodos como o que estamos vivendo. Buscamos ampliar ao máximo as liberações para que todas as precisões sejam atendidas de forma completa e com as melhores condições possíveis.

Esse caráter de parceria foi o que impulsionou a liberação de mais R$ 412 milhões em crédito rural, quando analisados os dados de janeiro a setembro de 2021. Por meio desse montante, conseguimos fechar mais de 3,4 mil contratos com cooperados que careciam de meios de se reerguer para gerar renda e novos negócios.

Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o volume é 42% maior. Além disso, foram mais de R$ 550 milhões disponibilizados aos nossos associados por meio do Plano Safra, cujos recursos podem ser acessados até junho de 2022, quando termina o ano safra atual.

Essa relação que temos com o campo propicia que os produtores rurais invistam e façam seus negócios crescerem, gerando também o desenvolvimento regional. 

O crédito rural, aliás, está na base da nossa história, uma vez que nossa instituição foi formada, há 32 anos, a partir da união de produtores rurais que tinham demanda por recursos para investir em seus empreendimentos. 

Foi em busca de melhores condições para os produtores que pudemos chegar ao patamar em que estamos hoje, no Sicoob ES. Conseguimos consolidar o crédito, diminuir a burocracia, facilitar o investimento e construir uma relação de parceria e de confiança. Um trabalho coletivo, realizado por muitas pessoas que têm os mesmos objetivos.

Estimular o agronegócio capixaba é valorizar o setor que é o principal motor de expansão da economia brasileira neste momento de crise. É preciso lembrar, ainda, que melhores condições para os produtores rurais podem propiciar o aperfeiçoamento da qualidade da produção e da geração de oportunidades, assim como a adoção de práticas sustentáveis. Estamos fazendo a nossa parte.

Atualmente, nós fazemos operações de crédito rural em todo o Estado e trabalhamos com variadas linhas de financiamento, o que possibilita a aplicação de recursos em todos os segmentos do agronegócio capixaba.

Além de dispor de linhas próprias, o Sicoob ES repassa recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). A instituição trabalha com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).