Geral

Produção de pimenta-do-reino chama a atenção de agricultores de Água Doce do Norte

por Redação Conexão Safra

em 04/03/2016 às 0h00

2 min de leitura

Produção de pimenta-do-reino chama a atenção de agricultores de Água Doce do Norte

pube

Agricultores familiares e produtores rurais do município de Água Doce do Norte estão cada vez mais interessados no cultivo da pimenta-do-reino devido aos preços atrativos de mercado e facilidade para cuidar da plantação, uma vez que o período da colheita é diferente do café, fazendo com que eles possam diversificar a produção nas propriedades e aumentar a renda.

É por isso que o escritório do Incaper em Água Doce do Norte reforçou algumas informações para esse público, com o apoio técnico dos extensionistas José Elias Gava e Carlos Marcos Alves dos Santos, durante uma demonstração de métodos em pimenta-do-reino, na propriedade do senhor Dimar José Rodrigues, localizada no distrito de Vila Nelita, no município.

Segundo Carlos Marcos, alguns dos agricultores, que estiveram na propriedade do senhor Dimar, estão com lavoura de pimenta-do-reino em estágio de formação ou produção?e outros foram com o objetivo de iniciar a cultura.

O extensionista José Elias Gava reforçou a importância da aquisição de mudas de qualidade, que devem ser obtidas em viveiros registrados no Ministério da Agricultura, com acompanhamento técnico, boa relação na estrutura (Aérea e Sistema Radicular) e sem riscos de pragas e doenças. Os agricultores puderam observar a raiz?de várias mudas, a fim de analisar a padronização e a qualidade do sistema radicular de mudas obtidas de diferentes?viveiros. Foi dada ênfase quanto ao espaçamento, condições climáticas ideais, necessárias para o bom desenvolvimento da planta, como garantia para se ter uma lavoura produtiva. A identificação das principais doenças da cultura também foi abordada.

Fonte: Incaper

pube