pube
Geral

Oficinas do cores da terra são realizadas em Castelo

por Redação Conexão Safra

em 04/03/2016 às 0h00

2 min de leitura

Oficinas do cores da terra são realizadas em Castelo

pube

Duas oficinas do projeto Cores da Terra foram realizadas no município de Castelo, Região Sul do Estado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). A primeira aconteceu na Escola Família Agrícola (Efa) e contou com aproximadamente 30 alunos.

Nessa etapa foram abordados os aspectos teóricos e orientações sobre qualidade e coleta da terra utilizada para a produção da tinta. Já a segunda etapa acontecerá no dia 31 de março, e vai abordar a elaboração e aplicação da tinha em parede e em artesanatos. Uma parte da escola será pintada com as tintas que os próprios alunos irão produzir.

Artesanato

A segunda oficina foi realizada no Casarão da Fazenda do Centro, um prédio histórico que foi restaurado e é administrado pelo Instituto Frei Manoel Simon, que foi parceiro na realização da oficina juntamente com a mobilização e organização da extensionista do Incaper, Cristiana Barbosa. Os participantes acompanharam uma palestra técnica sobre a fabricação das tintas. Logo após, eles colocaram em prática os ensinamentos e pintaram a parede de uma casa que fica nas proximidades da fazenda, além de produzirem pequenos quadros utilizando as tintas extraídas da terra.

“Durante as oficinas, apresentamos aos alunos e aos artesãos que o trabalho com tintas consiste na mistura de terra, água e cola. A técnica aplicada é fácil e não causa nenhum tipo de dano ao meio ambiente, além de ser prazerosamente surpreendente. Essas pessoas serão, sem dúvida, multiplicadoras do projeto Cores da Terra ”, disse a extensionista do Incaper, Rita de Cássia Zanúncio.

Projeto Cores da Terra
O projeto Cores da Terra teve início em 2007, por meio de uma parceria entre o Incaper e a Universidade Federal de Viçosa (UFV), onde já eram desenvolvidos estudos similares. Em 2009, o Instituto foi o grande vencedor, na Região Sudeste, do Prêmio Finep de Inovação, na categoria “Tecnologia Social’, com o Cores da Terra. O prêmio, promovido pelo Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), é o principal do setor no Brasil, se configurando como um importante instrumento para premiar iniciativas inovadoras desenvolvidas em território nacional.

Fonte: Incaper