Cafeicultura

Produtora de 19 anos investe em café de qualidade em Mimoso do Sul

A jovem é técnica agropecuária e viu na produção de café arábica e conilon de qualidade uma oportunidade para agregar valor ao trabalho desenvolvido por seu pai

por Comunicação Senar-ES

em 14/07/2021 às 10h50

3 min de leitura

O próximo passo que já está em andamento no Sítio do Sininho é a produção de cafés fermentados, conta Karulina
(Foto: divulgação/Senar-ES)

Com apenas 19 anos, Karulina Ribeiro Oggioni produz cafés especiais na propriedade rural de sua família em Mimoso do Sul. A jovem é técnica agropecuária e viu na produção de café arábica e conilon de qualidade uma oportunidade para agregar valor ao trabalho desenvolvido por seu pai Josemar Polati e sua mãe Nilma Oggioni. 

A família continua produzindo café no modelo tradicional no Sítio Sininho, comandados por Josemar e Nilma, mas a parte da qualidade ficou a cargo de Karulina, que, com dedicação e muito trabalho, já conquistou 84 pontos em um de seus lotes. 

pube

“Com o café Vó Mira buscamos atender os diversos clientes que encontramos no mercado, desde quem quer consumir café tradicional até o consumidor do café especial, arábica ou conilon. É um leque de possibilidade a mais para oferecer o que o cliente deseja consumir”, revela Karulina. 

A propriedade é atendida pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), que auxilia no manejo da lavoura e na gestão das finanças. 

“A qualidade do atendimento do Senar-ES é muito boa. Quando é um serviço de fora, o proprietário tende a escutar e levar mais a sério. Ele realmente acata as ideias, busca melhorar o que precisa. Vejo que o Senar-ES trouxe a informação para mais próxima da gente, trouxe formas de melhorar a propriedade e nosso lado financeiro”, defende Karulina. 

O próximo passo que já está em andamento no Sítio do Sininho é a produção de cafés fermentados. “Estamos melhorando cada vez mais a qualidade e a meta do café Vó Mira é proporcionar um produto de maior qualidade, com potencial de bebida mais elevado e investir em outros tipos de café, como o fermentado que já estamos desenvolvendo. Espero que dê certo!”, diz. 

Se você se interessou em conhecer mais sobre o café Vó Mira, acesse: https://www.instagram.com/cafevomira

Para participar da ATeG do Senar-ES, basta procurar o Sindicato Rural do seu município ou ligar para (27) 3185-9218. 

pube