pube
Turismo

Agroturismo de Venda Nova: novidades fora do roteiro tradicional

Do Alto Bananeiras até o distrito de São João de Viçosa também é possível encontrar socol, pesque-pague e até Bobó de Polenta

por Redação Conexão Safra

em 14/04/2014 às 0h00

13 min de leitura

Leandro Fidelis


O agroturismo de Venda Nova do Imigrante reserva um roteiro diferente em todos os acessos ao município, na Região Serrana do Estado. Quem escolher tomar a BR-262 no sentido Belo Horizonte, por exemplo, vai encontrar atrativos em novos empreendimentos, fora do eixo tradicional da parte central do município. Do Alto Bananeiras até o distrito de São João de Viçosa também é possível encontrar socol, pesque-pague e até Bobó de Polenta.


Na altura do quilômetro 106, tomando a avenida lateral ainda em obras de calçamento, a dica é subir a serra de Alto Bananeiras. A estrada de chão conduz o turista até a igrejinha de Nossa Senhora Aparecida, de frente para um belíssimo lago, e bem próximo da Pedra do Rego, montanha símbolo de Venda Nova. O local é destino dos jipeiros,trilheiros, ciclistas e dos praticantes de rapel e escalada.


A primeira parada indicada é o Sítio Beira Rio, perto do quilômetro dois, onde funciona a “La Bella Vista ”, agroindústria artesanal rural comandada por Vanio Cleto Falqueto e sua família. Ali são produzidos macarrão caseiro, pães, biscoitos, compotas, pó de café, feijão, fubá feito em moinho de pedra e socol, o famoso embutido de lombo de porco reverenciado desde 2000 com uma festa no galpão da comunidade.


A acolhida na propriedade ainda é feita como nos velhos tempos: dentro de casa. “Ainda estamos estruturando nosso espaço para receber melhor o turista. Além dos produtos caseiros, com matéria-prima de excelente qualidade, oferecemos uma vista privilegiada, a 900 metros de altitude ”, diz Mario Figueiredo, um dos sócios do empreendimento.


A poucos metros dali fica o recém-inaugurado “Recanto do Tio Vé ”, outro núcleo da Família Falqueto. De origem italiana, os Falqueto imigraram para o Brasil há 122 anos. Linguiça, socol, pães, bolos, biscoitos e doces são as especialidades do casal Alvécio Falqueto e Rita Zambão.


Eles e os filhos Thais e Hiago são empenhados na realização da Festa do Socol, sempre no primeiro fim de semana de maio. Tanto que o empreendimento é uma extensão do evento, pois ali são produzidas as peças de socol comercializadas durante a festa. Tudo do jeito que faziam os imigrantes.


Do “Recanto do Tio Vé ” se tem uma vista deslumbrante do vale de Venda Nova com a Pedra Azul ao fundo. O local ainda conta com um espaço aconchegante e estruturado para festas de aniversário e outras confraternizações.



Polentas exóticas no mesmo caminho

Venda Nova é conhecida também como “Terra da Polenta ”, devido à realização de uma das maiores festas populares do Espírito Santo, a Festa da Polenta, realizada desde 1979 para celebrar a cultura dos antepassados italianos. Fazendo jus a esse título, alguns empreendimentos apostam em variações desse prato típico.


Voltando à BR-262 como quem vai para a capital mineira, o Café da Roça Altoé da Montanha, no quilômetro 106, é parada obrigatória para quem aprecia polenta. Os carros-chefes são a Pizza de Polenta e o Bobó de Polenta.


Em um espaço agradável, com café no estilo das fazendas antigas, no Café da Roça tudo é preparado nos fornos à lenha e servido fresquinho e quentinho, como na casa das “nonnas ”. O sistema é self-service com buffet variado, destacando a culinária típica do imigrante, café, leite, chás variados, sucos, vinhos, polenta frita na chapa com queijo ou linguiça, pães, tortas, geleias, entre outras delícias.


O verão vem registrando intensa movimentação no local. “A proximidade com a BR faz com que muitos mineiros e turistas de outros estados venham aqui. A maioria procura a Pizza de Polenta ”, diz Lúcio Sossai Altoé, dono do Café da Roça.


Mais quatro quilômetros seguindo pela BR-262, no quilômetro 110, no Distrito de São João de Viçosa, está localizado o Restaurante Venturim. A família Venturim, que comanda o estabelecimento, se orgulha de descender do primeiro imigrante italiano a pisar em terras vendanovenses. Amadeo Venturin se estabeleceu no distrito e trouxe do país de origem o gosto pela polenta.


O Restaurante Venturim faz questão de manter no cardápio várias opções, incluídas no self-service. É possível combinar polenta vêneta com “ratatouille ” (antipasto com berinjela, pimentão e cebola) e o nhoque de polenta com carne de frango. Como porções, tem a polentinha ao molho bolonhesa, a polenta brustolada com queijo e o crocante de polenta com queijo provolone, parmesão e pimenta dedo de moça. Uma ótima pedida com vinho!


O estabelecimento oferece ainda macarrão talharim feito de café. O produto tem sabor e aroma que lembram suavemente a bebida. Os ingredientes são simples: farinha de trigo, café, limão, azeite e ovos. O segredo está no preparo. Atualmente, o Venturim vende o macarrão para empresas da região e para o público em geral na loja que funciona no próprio restaurante.



Hospedagem rural no Sítio Ambrosim

Há cinco anos, o casal Chico Ambrosim e Sandra Pizzol nem pensava em transformar em hospedaria a casa onde ele nasceu, no sítio da família, em Cachoeira Alegre, zona rural de Venda Nova do Imigrante. Construída há 60 anos, foi preciso pouco para reformar o imóvel, mantendo suas características rurais, e abri-lo para o público em julho de 2013.


A tranquilidade do lugar somada à acolhida calorosa dos proprietários tem feito sucesso.“Já fechamos para o Carnaval e a Semana Santa. Todo final de semana temos reservas ”, conta Chico, que junto com a mulher, tem se dedicado quase exclusivamente à hospedagem e à área de eventos, na mesma propriedade.


O acesso ao Sítio Ambrosim é pelo km 111,5 da BR-262, no Distrito de São João de Viçosa. Para chegar, são mais três quilômetros de estrada asfaltada. A chegada ao sítio é marcada pelo belíssimo visual da lagoa onde diversas espécies de peixes estão disponíveis para pesca.


A hospedagem rural fica de cara para a lagoa, em um local mais retirado rodeado por verde. São sete quartos, sendo cinco para casais e dois para solteiro. A casa é alugada para grupos ou famílias. Conta com cozinha equipada (tem até fogão a lenha) e, na parte externa, uma área para churrasco.


A demanda por hospedagem veio dos próprios visitantes. De acordo com Chico, depois de pescarem e curtirem o lazer no sítio, os clientes queriam continuar ali no dia seguinte, mas faltava lugar para dormir.


O turismo como renda é uma novidade para o casal Chico Ambrosim e Sandra Pizzol. Acostumados com a agricultura, eles buscaram informação junto ao Sebrae e ao Incaper e também com outros empreendedores da região para iniciar na atividade.


“Estamos descobrindo esse mundo aos poucos. No início, lidávamos mais com o público local, hoje recebemos muitas pessoas de fora. Curtimos muito essa convivência com os visitantes e fazemos novas amizades. Estou feliz demais! ”, diz Sandra.



Serviços:

Alto Bananeiras

1) La Bella Vista (Sítio Beira Rio)

Macarrão caseiro- socol- compotas- feijão- pó de café- fubá, etc.

Estrada de Alto Bananeiras (próximo ao km 02)

Tels: (28) 3546-1941/ (28) 99972-5012 (Vanio)

Email: sitiobeirarioagrotur@hotmail.com


2) Recanto do Tio Vé(Agroturismo e eventos)

Linguiça, pães, bolos, biscoitos, doces, etc.

Estrada de Alto Bananeiras- km 02

Tels: (28) 3546-2484/ (28) 99926-3436

Email: recantodotiove_vni@hotmail.com


Bananeiras


Café da Roça Altoé da Montanha

Aberto de terça a domingo, das 8 às 19h

*Aceita-se reservas para grupos

Rod BR-262- km 106

Tels: (28) 99955-2085/ (28) 99915-9922

www.altoedamontanha.com.br


São João de Viçosa


1) Restaurante Venturim

Rodovia BR-262, km 110, (a 7 km da sede do município no sentido Belo Horizonte)

*Aberto de segunda à segunda, das 10h30 às 14h30 e das 18 às 21h30

**Telefone: (28) 3546-6614

pube


2) Sítio Ambrosim

(Hospedagem Rural)

Acesso pelo km 111,5 da BR-262 (mais 3km de estrada asfaltada), em Cachoeira Alegre

*Funcionamento

**Tel: (28) 3546-6635


*Os empreendimentos citados anteriormente são associados à Agrotur. Confira lista completa de associados ao final desta reportagem!


Município integra Rota Imperial

Venda Nova integra o projeto da Rota Imperial, coordenado pelo Instituto Rota Imperial, ligado à Federação das Indústrias do Espírito Santo- Findes. Os marcos estão no caminho entre a entrada do bairro Vila Betânea, pela avenida principal (Lorenzo Zandonadi) até a divisa com Domingos Martins pela Serra do Engano, em Lavrinhas; e também no Distrito de São João de Viçosa.

A Rota Imperial é um caminho que começa em Ouro Preto (MG) e termina em Vitória. O trajeto é o mesmo feito por D. Pedro e passa por alguns municípios do Estado, como Conceição do Castelo.

Em convênio com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, o projeto visa atrair e divulgar o turismo da região, mostrando as belezas naturais, cultura e arquitetura.


O agroturismo e sua trajetória

O agroturismo surgiu em Venda Nova a partir do costume dos imigrantes de receber pessoas em casa, sejam familiares ou amigos. Essas pessoas, além da hospedagem podiam saborear vários produtos caseiros que eram feitos, a princípio, para uso doméstico.

Ao partirem, a família que os hospedava oferecia esses produtos para que os visitantes pudessem levá-los como lembrança ou para presentear alguém na cidade. Sendo assim, o tempero, a arte e as tradições foram se difundindo.

Mais tarde, descobriu-se que esses produtos poderiam ser mais uma fonte de renda, uma vez que eram apreciados. E com isso, os produtores começaram a vendê-los em suas residências, dando início à indústria caseira que começava a fortalecer a renda da casa.



Abaixo os principais atrativos turísticos do município e um pouco das propriedades do agroturismo


Caxixe Frio

Lugar de rara beleza, onde a paisagem parece ter sido bordada, com vista para o Forno Grande e Pedra Azul. Nele há uma linda cachoeira com queda de 60 metros. É o maior produtor de morango e hortaliças do Estado. Fica a 15 km da Sede e a entrada é no km 98,5 da BR-262.


Mirante da Torre de TV

Local de visão panorâmica de onde é possível ver o Forno Grande, a Pedra Azul e toda a cidade de Venda Nova do Imigrante, onde existe uma rampa para decolagem de asa-delta e parapente (decolagem para nível 3). Direção do vento quadrante sul, desnível da cidade 460m e 1.189m do mar. Está a 6,7 km da BR 262, entrada no km 106.


Morro do Filetti

Mirante e rampa para decolagem de asa delta e parapente, direção do vento quadrante norte. Decolagem de 440m de desnível da cidade e 1.110m do mar. Fácil acesso para qualquer veículo. Local apropriado para caminhadas na natureza. Entrada no km 99,2 da BR 262, a6 km da sede.


Pedra do Rego

Um dos pontos mais altos do município, com 1.441m de altitude. Ideal para a prática de trekking. Está a 8 km da BR 262, entrada no km 106. Para chegar à pedra ainda é preciso caminhar por mais 1km.


Serra do Engano

Estrada sinuosa, cercada por riquezas da Mata Atlântica. Com linda vista panorâmica, leva à Cachoeira dos Barcelos e ao Pico da Pedra do Garrafão, localizado a 1.548m de altitude. Vale de Lavrinhas a 2 km da sede.


Casa da Cultura

Localizada no centro da cidade, possui museu com acervo de mais de 600 peças antigas que contam um pouco da história dos imigrantes italianos. Possui também um auditório onde funciona um pequeno cinema. Funcionamento: de segunda a sexta, de 8 às 17h.


Igreja de Pindobas

Igreja centenária bem conservada, considerada a mais antiga do município, cuja padroeira é Nossa Senhora da Penha. Acesso pela Rodovia Pedro Cola, km 8, em Pindobas.


Missa na Igreja de São Pedro

Celebração com a presença do Coral Santa Cecília. Após a missa, cantarola italiana regada a um bom vinho (a popular “Missa das Dez ”). A Igreja fica no centro da cidade, às margens daBr 262, em frente à Prefeitura. Todos os domingos às 9h.








Associados da Associação de Desenvolvimento Regional do Agroturismo (Agrotur)


Aagrope – Laticínios Venda Nova



Telefone: (28)3546-1611


Ateliê da Clô





Telefone: (28)99886-2532
























Chácara Delícias da Terra








Telefone: (28)3546-6573



Produtos Luzia e Nair


Telefone: (28)3546-6496


Sítio Família Lorenção

Telefones: (28)3546-1130/ (28)8113-7763






Associação Festa da Polenta- Afepol

Telefone: (28)3546-2112


Biomudas

Telefones: (28)3546-3572/ (28)99986-1512





Cláudia Artesanatos



Telefones: (28)3546-1128/ (28) 99884-1281



Produtos Paiol


Telefone: (28)3546-1658


Sítio Guaçú-Virá

Telefones: (28)3546-1436/ (27) 99978-5172




Armazém do Agroturismo




Telefone: (28)3546-1378


Biscuit Edna Cardoso

Telefones: (28)3546-3922/ (28) 99956-9494




Família Brioschi

Telefones: (28)3546-1024/ (28) 99986-2073




Produtos Zibetti

Telefone: (28)3546-2070


Sítio da Rozimere

Telefone: (28) 99884-6829









Sítio São José – Tia Téia

Telefones: (28)3546-1137/ (28) 99904-4444




Artesanato das Voluntárias do HPM

Telefone: (28)3546-1470


Cachaça Temosinha



Telefone: (28) 99945-7015


Fazenda Carnielli

Telefones: (28)3546-3152/ (28)3546-1272


Raízes da Terra


Telefone: (28) 99938-6112










Sítio das Abelhas – Alto Caxixe

Telefone: (27) 99999-5272









Sítio Sossai Altoé

Telefone: (28)3546-1786


Artesanato de Mármore e Granito



Telefone: (28)3546-3062/ (28) 99986-9873





Canaltures Receptivo


Telefones: (28)3546-1378/ (28) 99945-6265




Fazenda Saúde


Telefones: (28)3546-1528/ (28) 99976-1770




Sítio das Buchas

Telefone: (28) 99984-5787










Sônia Carnielli



Telefone: (28)3546-1042


Artesanatos da Idalina

Telefone: (28)3546-2826


Caprinova

Telefone: (28)3546-1239


Sítio e Adega Tonole



Telefones: (28)3546-1811/ (28) 99886-8421




Tia Cila



Telefone: (28)3546-1581


Artesanatos da Juraci


Telefone: (28)3546-1238


Casa das Orquídeas



Telefones: (28)3546-6573/ (28) 99925-0415




Ki Pizza & Cia



Telefone: (28)3546-1257/ (28)3546-1363








Sítio Altoé da Montanha

Telefones: (28) 99955-2085/ (28) 99915-9922


Sítio e Orquidário Tapera




Telefone: (28)3546-3552


Tia Dina



Telefones: (28)3546-1155/ (28)3546-0063







Artesanatos Dabetch



Telefone: (28)3546-1281


Casa dos Arranjos





Telefone: (28)3546-1572


Pousada Bela Aurora


Telefone: (28)3546-6197


Sítio Família Falqueto – Vó Zima




Telefone: (28)3546-1731


Tirso Altoé – Vinhos de Jabuticaba

Telefones: (28)3546-1582/ (28) 99886-3553




Artesanatos Helena




Telefones: (28)3546-1142


Casa Vecchia



Telefones: (28)3546-3963/ (28)8118-3362







Meios de Hospedagem de Venda Nova do Imigrante


Hotel Jaguaré

Rod. BR 262, Km 107 – Bananeiras

Telefone: 28 3546 3958

Nº de leitos – 26


Hotel Venturim

Av. Amadeu Venturim, São João de Viçosa

Telefone: 28 3546 6614

Unidades Habitacionais – 26

Nº de leitos – 49


Hotel Canal

Av. ângelo Altoé, 232, Centro

Telefone: 28 3546 1322

Unidades Habitacionais – 32

Nº de leitos – 61


Alpes Hotel

Rod. BR 262, Km 103, Centro

Telefone: 28 3546 1367/ 1476

Unidades Habitacionais – 28

Nº de leitos – 56 até 112


Hotel Esmig

Av. ângelo Altoé, Centro

Telefone: 28 3546 1213

Unidades Habitacionais – 72

Nº de leitos – 150


Pousada do Nonno

Rod. BR 262, Km 102, Tapera

Telefone: 28 3546 1965/ 28 3546-1765

05 quartos e dois chalés

nº de leitos – 12


Pousada Bela Aurora

Vivendas (9) com frigobar, telefone, TV LCD e internet wi-fi

Telefone: 28 3546 6197

contato@pousadabelaaurora.com.br


Hotel Solar do Imigrante

Apartamentos com café da manhã

área de lazer com piscina,

sauna e churrasqueira.

Av. 29 de julho 2131 – Bananeiras

Tel: (28) 3546 3936


Sítios de Aluguel


Sítio Arcobaleno

Rod. Dos Produtores, Alto Caxixe

Telefone: 28 3546 1344

03 quartos

nº de leitos: 08


Sítio Ouro Verde

Rod. Dos Produtores, Alto Caxixe

Telefone: 28 3546 1434

Nº de leitos: 10


pube