pube
Segurança no Campo

Federação da Agricultura pede mais segurança no campo ao Governo do ES

por Comunicação Senar-ES

em 07/01/2022 às 16h44

3 min de leitura

Federação da Agricultura pede mais segurança no campo ao Governo do ES

*Foto: Divulgação Senar

A Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), representando as famílias rurais capixabas, se reuniu na última sexta-feira (7) com o governador Renato Casagrande para discutir questões sobre segurança no campo. Foram propostas soluções ao governo para minimizar os crimes nas regiões agrícolas.

Estiveram presentes também representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado (Senar-ES), dos Sindicatos Rurais, do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

A Faes sugeriu a implementação da versão mobile para o site Delegacia Online, em que a população registra casos de roubo, furto, perda e extravio de documentos e objetos, o que facilitará o acesso através do celular, principal meio de comunicação utilizado pelos produtores rurais.

pube

A entidade pediu, ainda, a investigação dos crimes que acontecem nas áreas rurais capixabas por parte da Polícia Civil. O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) sugeriu uma fiscalização mais rigorosa, por meio da Vigilância Sanitária, em estabelecimentos que vendem carnes nos municípios capixabas, para verificar a documentação e a real origem desses alimentos, a fim de evitar que procedam de roubos.

O Governo do Estado analisou todos os pedidos, já solicitou atenção da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) às questões apresentadas, e acatou a proposta dos representantes da Faes de criar um plano de segurança rural para o Espírito Santo, em parceria com a Sesp e as polícias Militar e Civil.

“Vimos uma receptividade muito positiva no Governo do Estado para as ideias que apresentamos e acreditamos que, através do plano de segurança rural que construiremos juntos, poderemos avançar muito nessa questão. Usaremos o caso de sucesso do Estado de Goiás que tem tido resultados positivos na diminuição dos crimes nas propriedades rurais”, disse o presidente da Faes, Julio Rocha.

Participaram da reunião com o governador do Estado, o presidente da Faes, Julio Rocha, a superintendente do Senar-ES, Letícia Simões, os presidentes de Sindicato Rural, Rodrigo Monteiro e Wesley Mendes, o vice-prefeito de Pedro Canário e diretor da Faes, Kleilson Rezende, o coordenador da área técnica do Senar-ES, Fabrício Gobbo, o secretário de agricultura do Estado, Paulo Foleto, o subsecretário de infraestrutura rural, Rodrigo Vaccari, o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada e o produtor rural Deomar Mendes.

“Estamos fazendo reforço no policiamento em todas as regiões do Estado. É importante que o agricultor observe e acione imediatamente as forças de segurança. Há também um investimento forte do governo de obras em estradas vicinais”, destacou o governador, Renato Casagrande.

A expectativa do Sistema Faes / Senar-ES / Sindicatos Rurais é de que, com essas medidas implementadas, o número de crimes nas áreas agrícolas capixabas reduza e as soluções sejam mais rápidas e efetivas.

“Hoje cumprimos um papel fundamental para melhorar a qualidade de vida e a segurança produtiva das famílias rurais capixabas. Agimos coletivamente, em parceria com outras entidades, e a solução precisa ser em conjunto. Precisamos agir em favor de todos os produtores do Espírito Santo”, disse o presidente do Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim, Wesley Mendes.

pube