pube
Meio Ambiente

Incaper contribui na preservação de espécies do Rio Doce

por Redação Conexão Safra

em 18/11/2015 às 0h00

2 min de leitura

Incaper contribui na preservação de espécies do Rio Doce

pube

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em parceria com diversas instituições e pescadores, está contribuindo para salvar as espécies do Rio Doce. A Fazenda Experimental do Incaper em Linhares disponibilizou nove tanques escavados para receber peixes que serão retirados do Rio.

De acordo com a coordenadora de aquicultura e pesca do Incaper, Lucimary Ferri, o Instituto apoia toda ação que venha a minimizar os impactos que o Rio Doce está sofrendo. “Essa ação irá contribuir para que seja feito um banco genético de espécies nativas do rio. Elas serão colocadas em viveiros artificiais para, no futuro, repovoar o Doce ”.

No município de Linhares, o Incaper tem assistido os pescadores que serão impactados com a chegada da lama no Rio Doce. “Estamos realizando um diagnóstico, junto às associações de pescadores, para traçar ações em conjunto ”, falou a extensionista Glácia Praxedes.

A ação realizada na Fazenda do Incaper é capitaneada por uma empresa contratada pela Samarco, em cumprimento à condicionante ambiental exigida pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). Na última terça-feira (17), o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama) autorizou a despesca no município de Linhares.

Fonte: Incaper