pube
Geral

Kennedy anuncia medidas para enfrentamento da seca

por Redação Conexão Safra

em 11/02/2015 às 0h00

3 min de leitura

Redação


A Prefeitura Municipal de Presidente Kennedy realizou, na tarde desta segunda-feira (09), uma reunião com produtores rurais para apresentação das ações de enfrentamento da estiagem no município. O encontro ocorreu no Ginásio Correão e reuniu secretários municipais, vereadores, representantes dos Bancos do Brasil e Banestes e dos Sindicatos Rural Patronal e dos Trabalhadores Rurais.


Durante o encontro, a prefeita Amanda Quinta Rangel anunciou medidas que visam dar apoio ao produtor rural durante o período de seca no município. Entre as ações estão a criação de uma comissão formada por secretários e assessores técnicos para o gerenciamento da crise de abastecimento de água, estudo para construção de cisternas nas propriedades, isenção de horas/máquina para produtores rurais durante o período de seca, bem como a distribuição de silagem e/ou ração (400g/litro de leite para cada produtor).


pube


Outras medidas estão sendo estudadas pela Secretaria Municipal de Agricultura, como a construção de caixas secas e curvas de nível para captação da água da chuva, construção de minibarragens nas propriedades, implantação de programas de recuperação/preservação de nascentes e de matas ciliares.


Amanda informou ainda sobre a ampliação da Estação de Tratamento de Praia das Neves. “Estamos tomando medidas práticas para soluções a curto, médio e longo prazos, com investimentos importantes que vão equilibrar a vida no campo e garantir mais oferta de água de qualidade para esta e as futuras gerações ”.


Decreto de emergência

Por recomendação das instituições financeiras que mantém linhas de créditos com o setor rural do município, a Prefeitura Municipal optou por não decretar estado de emergência por causa da estiagem. Os gerentes Sebastião Torres (Banestes) e Rafael Ricardo (Banco do Brasil) explicaram que a orientação facilita novas linhas de crédito com os produtores rurais.


“O Banestes divulgou, na última semana, normativas para a prorrogação ou amortização das dívidas dos produtores rurais. Esta negociação será feita a partir de um laudo técnico acompanhado pela Secretaria Municipal de Agricultura. Serão analisados caso a caso ”, informou Torres.



Da mesma forma, a agência do Banco do Brasil está disposta a repactuar, prorrogar ou renegociar contratos com os produtores. Para isso, estaria estudando a ampliação de atendimento na agência para os produtores em dificuldade financeira.


Atualmente o Banco do Brasil tem mais de 400 operações que movimentam mais de R$ 15 milhões no setor agrícola no município. No Banestes o valor ultrapassa R$ 3 milhões.


Reunião após o carnaval

Uma nova reunião está agendada com os produtores rurais para o dia 23 de fevereiro, segunda-feira, às 16h, no Ginásio Correão para lançamento da campanha de conscientização do uso da água e apresentação do plano de ação e dos critérios para adesão dos programas e benefícios propostos pela prefeitura.

pube