pube
Fruticultura

Muita oferta na roça está gerando descarte de mamão

por hfbrasil.org.br

em 09/07/2024 às 5h00

1 min de leitura

Muita oferta na roça está gerando descarte de mamão

Foto: reprodução internet

No início de mês (1° a 5/7), os preços do mamão caíram mais uma vez. Nas principais regiões produtoras, Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, a oferta é muito grande e não está sendo absorvida pela demanda. Por conta disso, muitos produtores estão preferindo descartar frutas de menores calibres, que não são muito consumidas, com a intenção de diminuir o volume no mercado e evitar que os preços caiam ainda mais.

pube

No Sul da Bahia, o havaí tipo 12 a 18 foi cotado a R$ 0,50 /kg, redução de 20% frente à semana passada. No Norte do ES, o formosa foi comercializado por R$ 0,56/kg, leve alta de 2% na mesma comparação. É esperado que a disponibilidade de mamão recue assim que o clima esfrie, desacelerando a maturação. No entanto, segundo a Climatempo, há possibilidade de um mês de julho com temperaturas atípicas, acima do normal. Assim, o volume pode permanecer inalterado, ao menos, nos próximos 15 dias.

Clique aqui e receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro do que acontece no agronegócio!