pube
Crédito

101 propostas de Crédito Fundiário são aprovadas pelo Conselho de Desenvolvimento Rural

Investimentos será de mais de R$10 milhões para aquisição de imóveis.

por Assessoria de Comunicação Idaf

em 30/10/2020 às 18h57

3 min de leitura

101 propostas de Crédito Fundiário são aprovadas pelo Conselho de Desenvolvimento Rural

Minas Gerais lidera ranking de contratos do crédito fundiário rural no país  - Portal G37 - Portal Jornal Blog Notícias de Divinópolis e do Centro-Oeste  de Minas Gerais.
Foto: Portal G37

Na última semana,
a equipe da Unidade Técnica Estadual (UTE), vinculada ao Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Idaf), apresentou 101 propostas de financiamento do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) ao Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) onde foram aprovadas. As propostas totalizam o valor de R$ 10. 989.234,00.

Após a liberação do crédito junto às instituições financeiras, que deve acontecer ainda este ano, mais de cem famílias dos
municípios de Nova Venécia, Pancas, Água Doce do Norte, São José dos Calçados, São Mateus, Colatina e Mimoso do Sul
serão beneficiadas.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada,
o Instituto não mediu esforços para agilizar os procedimentos necessários para apresentar as propostas. “Montamos uma equipe de apoio para realizar as vistorias de avaliação de mais de cem imóveis em tempo ágil para que as propostas fossem aprovadas ainda em outubro. Esperamos também apresentar na próxima reunião, que ocorrerá em dezembro, mais sessenta propostas. Agradeço o empenho da UTE para que tudo isso fosse possível ”, disse Louzada.

pube

PNCF

O PNCF é um programa gerenciado pela Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Governo Federal, que oferece condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar imóvel rural por meio de financiamento. O recurso também é usado para investimentos em infraestrutura e acesso à Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).
Ligada ao Idaf, a
UTE é a unidade responsável pela execução o PNCF no Espírito Santo.

Os interessados que atendam às prerrogativas do Crédito Fundiário podem buscar orientações
no
Sindicato de Trabalhadores Rurais do seu município ou à própria UTE. Para mais informações, acesse
idaf.es.gov.br/ute-es.

O Conselho

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável
(CEDRS)
é vinculado à
Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Dentre as diversas atribuições do CEDRS estão as de propor, articular e adequar políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural sustentável, aprovar e compatibilizar a programação físico-financeira anual dos programas que integram o Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável, acompanhar as ações dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), e oferecer subsídios ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (CNDRS) na elaboração das propostas anuais de alocação de recursos do Crédito Fundiário, Programa Nacional da Reforma Agrária e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

São integrantes do CEDRS os representantes do poder público estadual, das organizações dos agricultores familiares, das organizações da sociedade civil e das entidades parceiras.