pube
Concurso de qualidade

Abic premia os cafés, produtores e marcas que mais se destacaram em 2020

Comandado pela jornalista e apresentadora Paula Varejão, o evento consagrou os profissionais que se esforçaram para entregar produtos de qualidade aos consumidores este ano

por Assessoria de Imprensa

em 26/11/2020 às 12h48

4 min de leitura

A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) realizou, no último dia 24 de novembro, duas das suas principais cerimônias anuais: a
premiação “Melhores da Qualidade” e o 16º Concurso Nacional Abic de Qualidade do Café &ndash, Origens do Brasil &ndash, safra 2019. O objetivo dos concursos é
celebrar as marcas, empresas e os produtores que se destacaram em 2020 e, ainda, promover o consumo de bebidas de qualidade. O evento,
em formato virtual, foi apresentado pela jornalista e especialista em cafés Paula Varejão.
Em um ano marcado pela pandemia, a decisão de organizar os dois eventos de forma virtual visa garantir a segurança
sem deixar de lado as comemorações.

A programação foi iniciada com a revelação dos vencedores do 16º Concurso Nacional, valorizando os melhores cafés do Brasil, tanto da espécie arábica, quanto da robusta/conilon, e, ainda, as empresas que mais investiram em qualidade. A maior nota atingida com arábica foi de Antônio Rigno de Oliveira, de Piatã (BA). Na estreia da categoria Canéfora, venceu Alex Marques de Lima, de Alto Alegre (RO) (*Confira abaixo resultado completo!).

O objetivo do concurso é incentivar a produção de grãos de excelência, as melhores práticas agrícolas e de sustentabilidade, promovendo todas as origens produtoras, agregando valor ao produto e levando ao consumidor final os melhores cafés do Brasil. Os cafés vencedores devem ser produzidos em território nacional.

A
avaliação foi realizada por um júri técnico de especialistas em classificação e análise sensorial que utilizam a metodologia do Programa de Qualidade do Café ABIC (PQC). Os lotes precisam atingir a nota mínima de 7,3 na escala PQC, que representa 90% da pontuação final, sendo os 10% restantes computados após as avaliações de sustentabilidade das propriedades produtoras.

O presidente da Associação, Ricardo de Sousa Silveira, destacou a importância da solenidade: “Hoje, estamos unindo os dois maiores elos da indústria. O nosso objetivo é entregar o melhor café para o consumidor. Sinto um imenso orgulho em premiar a qualidade da indústria cafeeira nacional. Esse prêmio é importante para mostrar ao mercado as diferentes categorias e como é essencial investir em qualidade. Além disso, também mostra que há cafés de qualidade para todos os bolsos ”.


pube

Melhores da Qualidade

Em seguida, o público conheceu os ganhadores do prêmio Melhores da Qualidade Abic. Criada em 2006, a premiação reconhece os melhores em cada uma das categorias (Extraforte, Tradicional, Superior e Gourmet) e por porte da empresa (pequena, média e grande). Além de obterem as notas mais altas de qualidade global de cada categoria, os produtos vencedores precisam ter o Selo de Qualidade estampado em suas embalagens.

A seleção das empresas também é feita com base no PQC, a partir de coletas de aproximadamente cinco mil amostras de café em prateleiras de supermercados, empórios, panificadoras e padarias. Essas amostras são encaminhadas para laboratórios credenciados e avaliadas sensorialmente em uma escala de 0 a 10 pontos, onde o nível mínimo de qualidade tolerado é de 4,5 pontos.

“Nestes novos tempos de adaptação e reinvenção, produzir e entregar qualidade ao cliente não é coisa tão fácil e é preciso realmente amar o que faz. Os programas de qualidade da Abic foram desenvolvidos para elevar a qualidade do produto brasileiro e, através dessas premiações, iremos valorizar as origens brasileiras e as marcas que estão alinhadas com a segurança alimentar e preocupadas em entregar um café de qualidade aos seus consumidores ”, explica Silveira, presidente da Abic.


Conheça os vencedores da premiação Melhores da Qualidade:


Categoria Extraforte:
Gonçalves Salles S. A. Ind. E Com – Aviação Extraforte

Aroeira Alm. Ind. E Com, Dist. Eireli &ndash, Diplomata Extraforte

Café Três Corações S/A &ndash, Bangu

Categoria Tradicional:
Romano e Cia Ltda. &ndash, Café Coringa

Aroeira Alm. Ind. E Com, Dist. Eireli &ndash, Diplomata Tradicional

Café Três Corações S/A &ndash, Doutor Tradicional

Categoria Superior TM:
Coop. Dos Cafeicultores da Zona de Varginha &ndash, Perfetto Grano

Café Meridiano Ind. E Com. Ltda &ndash, Meridiano Classic

Melitta do Brasil Ind e Com Ltda &ndash, Melitta Descafeínado Clássico

Categoria Superior GR:
Ind. E Com. Dona Flor Ltda &ndash, Café Vergato Grãos para Expresso

Brasil Espresso Com. Atacadista Ltda &ndash, Expert Blenders

Café Utam S/A &ndash, Utam Speciale

Categoria Gourmet TM:
CFX do Brasil Ind. Com. Exp. E Imp. Ltda &ndash, Orum

Sobesa Ind. De Alim. Santanense Ltda &ndash, Sobesa Gourmet

São Braz Ind e Com de Alimentos S A &ndash, São Braz Gourmet Savory

Categoria Gourmet GR:
Baggio Coffee Esp. Ltda &ndash, Baggio Expresso Gourmet Grão

Café Dom Pedro &ndash, Santello Grão

Jacobs Douwe Egberts BR. Com de cafés Ltda &ndash, Lor Forza

pube