Meio Ambiente

Caixas secas vão ajudar produtores rurais na captação de água

por Redação Conexão Safra

em 20/11/2015 às 0h00

2 min de leitura

Caixas secas vão ajudar produtores rurais na captação de água

pube

Serviço de escavação começou a ser feito pela prefeitura nesta semana

A prefeitura de Cachoeiro iniciou nesta semana o trabalho de escavação de caixas secas e pequenas barragens em propriedades rurais do município. O objetivo é possibilitar a captação e o armazenamento de água da chuva, para amenizar efeitos da estiagem no campo.

A primeira propriedade atendida fica na comunidade de Alto Capoeirão, em Pacotuba. Outras 30, nas redondezas, devem receber o serviço. Ao todo, 188 produtores serão diretamente beneficiados pela ação. Para isso, se inscreveram na prefeitura.
Pela intervenção, vão pagar valores simbólicos, até 90% menores que os praticados no mercado, pela hora das máquinas que serão enviadas para o serviço.

O projeto conta com a parceria do Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural (Incaper) e o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), que estão atuando, dentre outras frentes, na construção dos projetos de pequenas barragens e na dispensa de licenciamento das intervenções.

A necessidade das intervenções foram deliberadas pelo I Seminário das Águas de Cachoeiro, realizado em março deste ano, que sugeriu que a ação como forma de diminuir os impactos da seca. Isso porque, durante o último verão, os produtores de vários distritos sofreram com a estiagem prolongada. Propriedades ficaram sem água para o rebanho e tiveram que ser abastecidas com caminhão pipa, enviado pela Defesa Civil municipal. A prefeitura chegou a decretar estado de emergência, que vigorou até julho deste ano.

Novas iniciativas

Novas deliberações devem sair do II Seminário Municipal das Águas, que acontece na próxima quarta (25), a partir das 8h30, no auditório da Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas de Cachoeiro de Itapemirim (Faccaci), em Morro Grande.

Agricultores, técnicos da prefeitura e outros órgãos vinculados ao Fórum Municipal das Águas estarão presentes para planejar novas estratégias para aumentar a segurança hídrica no campo. Mas toda a sociedade está convidada a participar das discussões. A entrada é franca e não é necessário fazer inscrições antecipadamente.

pube