pube
Geral

Solução simples e eficiente para poupar água

Uma tecnologia que ajuda a amenizar os danos causados tanto pelo excesso quanto pela falta de chuva.

por Redação Conexão Safra

em 25/02/2015 às 0h00

2 min de leitura

Redação


Uma tecnologia que ajuda a amenizar os danos causados tanto pelo excesso quanto pela falta de chuva. Parece contraditório, masa técnica é simples e bastante eficiente. E, diante dos benefícios, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) incentiva a construção de caixas secas em diversos municípios capixabas como alternativa para enfrentar o período de estiagem.


pube

As caixas secas são reservatórios tecnicamente dimensionados, construídos, em geral, nas margens de estradas para captar as águas de chuva. A técnica evita enxurradas, erosão, assoreamento dos rios e depredação das estradas pela chuva. Em tempos de estiagem, as caixas secas aumentam o armazenamento de água e o abastecimento do lençol freático, o que favorece as nascente se a vazão dos rios.



A técnica já existe há muitos anos, e começou a ser implantada no Espírito Santo em 2008, no município de São Roque do Canaã. O engenheiro agrônomo do Incaper, Aliamar Comério, sempre considerou as caixas secas como solução para o problema da estiagem no Estado.

Segundo o engenheiro agrônomo do Incaper, a técnica controla o nível dos mananciais por favorecer a infiltração gradativa de água no solo. “Os reservatórios construídos à beira das estradas, onde não há margem íngreme, impedem que a água escorra morro abaixo e arrastem partículas sólidas que provocam o assoreamento dos mananciais e prejudicam a atividade agrícola. Dessa forma, aágua retida nas caixas secas infiltra-se, contribuindo para o enriquecimento do lençol freático na época de chuvas, e o abastecimento das nascentes no período de secas ”, explica.


Para a implantação do projeto são necessários alguns cuidados, como a elaboração de projetos tecnicamente dimensionados. É fundamental calcular o volume correto da escavação, devendo-se definir não apenas a água da chuva que se quer captar em 24 horas, como também levar em consideração a largura e a declividade da estrada, juntamente com a cobertura vegetal da microbacia hidrográfica, ente outros aspectos.


“O projeto de Adequação de Estradas Rurais através de Caixas Secas evita o efeito sanfona dos mananciais, ou seja, aumenta a vazão das nascentes, córregos e rios nos períodos de estiagem e reduz a vazão das enchentes nos períodos chuvosos ”, disse Comério.


Fonte: Incaper ,

pube