pube
Geral

Produtores são orientados sobre registro de granjas avícolas

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) realizou, nessa terça-feira (23), atendimento...

por Redação Conexão Safra

em 29/02/2016 às 0h00

3 min de leitura

pube
O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) realizou, nessa terça-feira (23), atendimento individualizado a produtores e responsáveis técnicos de granjas avícolas de Santa Maria de Jetibá. O objetivo foi esclarecer dúvidas e orientar quanto às pendências para regularização dos estabelecimentos.

De acordo com o chefe do Departamento de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Fabiano Fiuza Rangel, o registro das granjas comerciais é extremamente importante. “”Esperamos, com isso, melhorar ainda mais o nível do plantel capixaba. A adequação dos estabelecimentos avícolas é fundamental para garantir as condições mínimas de biosseguridade, prevenindo a introdução de doenças de impacto sanitário e econômico ”, diz.

A médica veterinária do Idaf, Luciana Fischer, explica que neste momento estão sendo atendidos os produtores e responsáveis técnicos de estabelecimentos que já iniciaram o processo de regularização, mas estão com pendências ou inconformidades para efetivação do registro. “Em uma próxima etapa, pretendemos ampliar o atendimento para granjas que ainda não iniciaram o processo junto ao Instituto ”, informa.

Nesta quinta-feira (25), a equipe do Idaf continua o trabalho em Marechal Floriano, onde deverá atender a 28 produtores locais, que pretendem colocar seus estabelecimentos em dia. Na próxima semana, um grupo de Linhares receberá atendimento individualizado no Escritório Central do Idaf, em Vitória, com o mesmo objetivo. A ação também será realizada em Venda Nova do Imigrante em data a ser definida.

Segundo o diretor executivo da Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (Aves), Nélio Hand, a iniciativa do Idaf é de extrema importância e irá conferir mais agilidade no andamento dos processos. “Uma orientação mais pontual é essencial para que o produtor tenha ciência do que precisa adequar em sua propriedade a fim de obter o registro. A Aves tem procurado intermediar essas ações para que os produtores do Estado cumpram a determinação de registro do Ministério da Agricultura e estejam em dia com essa obrigatoriedade ”, destaca.

Registro de granjas

O registro de estabelecimentos avícolas comerciais junto ao órgão de defesa sanitária animal é uma exigência do Ministério da Agricultura. O procedimento é importante para garantir que sejam adotadas medidas de controle que visem à preservação da saúde do plantel.

Avicultura no ES

A avicultura desempenha um importante papel socioeconômico no Espírito Santo. Atualmente, existem 154 produtores na postura comercial, 44 de frango de corte, 16 de codorna, 09 abatedouros e 03 incubatórios.

Fonte: Idaf

pube