pube
Geral

Nova feira vai divulgar artesanato dos pescadores de Piúma

A feira vai beneficiar 70 famílias da associação de pescadores, que foi criada em 2004

por Redação Conexão Safra

em 04/12/2013 às 0h00

2 min de leitura

A Feira Família e Trabalho de Piúma está de cara nova com as barracas e tendas que foram repassadas pelo Governo do Espírito Santo. A inauguração da nova estrutura foi realizada na noite de sexta-feira (29), na Praia Central do município. Os recursos para a aquisição dos equipamentos foram direcionados por emenda parlamentar estadual e somam R$ 80 mil.

Estiveram presentes o vice-governador Givaldo Vieira, o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli, o prefeito de Piúma, Samuel Zuqui, entre outras autoridades.

pube

“A Feira Família e Trabalho, como bem diz o nome, vai gerar mais renda a famílias piumenses, por meio de uma iniciativa liderada pela comunidade e abraçada pelo Governo do Estado. Acompanho de perto essa ação e minha presença na inauguração é para prestigiar e reafirmar o compromisso com o pequeno empreendedor da cidade. Vamos continuar a investir em obras, como na recuperação da praia central, e apostar, principalmente, nas pessoas, que são os grandes responsáveis pelo desenvolvimento social e econômico do município ”, declarou o vice-governador Givaldo Vieira.

“A feira será conduzida pela Associação das Famílias Pescadoras de Piúma e conta com 40 barracas cedidas pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). As famílias agora contam com uma estrutura coberta que permitirá a geração de renda e qualidade de vida para quem mais precisa ”, declarou o secretário Enio Bergoli.

“Estamos muito agradecidos e empolgados com a nova estrutura da feira. As famílias agora têm mais condições de trabalhar e conseguir vender o artesanato produzido pela associação e gerar mais renda para a população local ”, afirmou o presidente da Associação das Famílias Pescadoras de Piúma, Arlécio Taylor.

A feira vai beneficiar 70 famílias da associação de pescadores, que foi criada em 2004. A principal atividade são os cursos de artesanato, onde as pessoas aprendem a produzir bonecas de tecido, bijuterias, biscuit, artesanato de conchas, pintura em tecido, entre outros. Dentro da feira também há espaço para atividades culturais, além de praça de alimentação.


Fonte: Seag


pube