pube
Geral

Itapemirim distribui 600 mil alevinos de tilápia a produtores rurais

por Redação Conexão Safra

em 04/03/2015 às 0h00

4 min de leitura

pube
O homem do campo de Itapemirim tem recebido constantes estímulos da municipalidade, entre eles, a distribuição de ração balanceada para o gado leiteiro, o que garantiu a produção, mesmo no período da longa estiagem, mas a Administração Municipal está ampliando o incentivo aos produtores rurais.

Na manhã desta terça-feira (04), agricultores foram beneficiados com 40 mil alevinos de tilápia. O objetivo, de acordo com o prefeito, Luciano de Paiva Alves, é estimular a criação de peixes para todos produtores rurais que possuam tanques nas localidades onde moram.
O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Semader), Luciano Henriques, ressalta que a iniciativa visa fomentar a piscicultura e o desenvolvimento rural sustentável do município, o que garante oportunidade de alimentação nutritiva e diversificada. Parte da produção poderá ser destinada às escolas para a merenda escolar.

A entrega foi realizada na comunidade de Bom Será e cada produtor recebeu quatro mil alevinos. Outros 560 mil serão distribuídos aos produtores rurais que tenham disponibilidade de área para o manejo (moradores de beira de rio ou que possuam tanques de piscicultura em suas propriedades). O município também adquiriu 200 tanques-redes e 30 bolsões de alevinos (berçário).

A Semader comprou ainda 300 mil pintinhos de 01 dia, para a distribuição gratuita entre os produtores rurais. Segundo Henriques, terá direito aos pintinhos o representante de cada família que deverá participar dos cursos oferecidos pela secretaria, possuir local para abrigar as aves (galinheiro), dentro das especificações técnicas exigidas pelos técnicos, além de se responsabilizar pela alimentação e cuidados necessários.

A quantidade de pintinhos será proporcional à área que o produtor dispor para a criação. A documentação necessária para o cadastramento é cópia do RG ou CTPS, CPF, comprovante de residência. Entre os critérios para participar do projeto, o interessado deverá comprovar ser produtor rural através de DAP ou PRONAF, além de residir em zona rural.


O homem do campo de Itapemirim tem recebido constantes estímulos da municipalidade, entre eles, a distribuição de ração balanceada para o gado leiteiro, o que garantiu a produção, mesmo no período da longa estiagem, mas a Administração Municipal está ampliando o incentivo aos produtores rurais.

Na manhã desta terça-feira (04), agricultores foram beneficiados com 40 mil alevinos de tilápia. O objetivo, de acordo com o prefeito, Luciano de Paiva Alves, é estimular a criação de peixes para todos produtores rurais que possuam tanques nas localidades onde moram.
O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Semader), Luciano Henriques, ressalta que a iniciativa visa fomentar a piscicultura e o desenvolvimento rural sustentável do município, o que garante oportunidade de alimentação nutritiva e diversificada. Parte da produção poderá ser destinada às escolas para a merenda escolar.

A entrega foi realizada na comunidade de Bom Será e cada produtor recebeu quatro mil alevinos. Outros 560 mil serão distribuídos aos produtores rurais que tenham disponibilidade de área para o manejo (moradores de beira de rio ou que possuam tanques de piscicultura em suas propriedades). O município também adquiriu 200 tanques-redes e 30 bolsões de alevinos (berçário).

A Semader comprou ainda 300 mil pintinhos de 01 dia, para a distribuição gratuita entre os produtores rurais. Segundo Henriques, terá direito aos pintinhos o representante de cada família que deverá participar dos cursos oferecidos pela secretaria, possuir local para abrigar as aves (galinheiro), dentro das especificações técnicas exigidas pelos técnicos, além de se responsabilizar pela alimentação e cuidados necessários.

A quantidade de pintinhos será proporcional à área que o produtor dispor para a criação. A documentação necessária para o cadastramento é cópia do RG ou CTPS, CPF, comprovante de residência. Entre os critérios para participar do projeto, o interessado deverá comprovar ser produtor rural através de DAP ou PRONAF, além de residir em zona rural.





pube