Geral

Estudantes de Anchieta realizam visita a Projeto Horta da Escola

No local elas tiveram aulas de campo, que fazem parte do Programa Mais Educação

por Redação Conexão Safra

em 30/06/2014 às 0h00

2 min de leitura

Estudantes de Anchieta  realizam visita a Projeto Horta da Escola


Aprender a plantar, cultivar e colher. Conhecer os tipos de plantas e de onde elas vêm antes de serem consumidas. Estas são experiências que nem todo mundo tem a oportunidade de desfrutar, mas a Prefeitura de Anchieta, com objetivo de oferecer ainda mais conhecimento a alunos do Município, proporcionou algum destes momentos para crianças da Escola Goembê.

Os estudantes visitaram o projeto Horta da Escola, da comunidade de Duas Barras. No local elas tiveram aulas de campo, que fazem parte do Programa Mais Educação, no nunicípio, uma parceria do Governo Federal com as Secretarias Municipais de Educação e Agricultura.

pube

Durante a excursão técnica, os alunos, que são estudantes do primeiro ao quarto período do ensino fundamental, puderam conferir de pertinho como é realizada a adubação, plantio de alface, entre outras ações. O secretário de Agricultura, Waldemar Belém, que é técnico em agropecuária, acompanhou a criançada nas atividades e aproveitou para dar orientações e esclarecer dúvidas dos pequenos.

Os estudantes também visitaram o projeto de Alface Hidropônico, na propriedade de um produtor de Duas Barras e conheceram ainda a Escola Família Agrícola em Olivânia.

Por meio de ações como essas o Programa Mais Educação visa despertar os estudantes para a importância da agricultura de um modo geral, bem como incentivá-los a aplicar os conhecimentos adquiridos no que diz respeito a alimentos saudáveis.

“Essas atividades são importantes, pois após adquirir conhecimento os alunos podem, por exemplo, implantar nas propriedades de suas famílias uma horta para enriquecimento do cardápio alimentar ”, disse o Secretário de Agricultura.


Mais Educação


O Programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007 e regulamentado pelo Decreto 7.083/10, constitui-se como estratégia do Ministério da Educação para indução da construção da agenda, de educação integral, nas redes estaduais e municipais de ensino, que ampliando a jornada escolar nas escolas públicas, por meio de atividades optativas nos macrocampos: acompanhamento pedagógico, educação ambiental, esporte e lazer, direitos humanos em educação, cultura e artes, cultura digital, promoção da saúde, comunicação e uso de mídias, investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica.


Fonte: Assessoria de Comunicação de Anchieta

pube