pube
Geral

Crea-ES vai efetivar a fiscalização nas propriedades rurais do Estado

O objetivo é intensificar a vistoria nos imóveis rurais...

por Redação Conexão Safra

em 02/03/2015 às 0h00

2 min de leitura

pube
O objetivo é intensificar a vistoria nos imóveis rurais e verificar se eles têm o acompanhamento de um responsável técnico

O Crea-ES, por meio da Câmara Especializada de Agronomia (Ceagro), vai intensificar a fiscalização nas propriedades rurais do Espírito Santo, através da elaboração de um ato normativo. Segundo o coordenador da Ceagro, Eng. Agrônomo José Roberto Silva Hernandes, a medida está entre as principais metas da Câmara para este ano de 2015.

“O objetivo é aumentar a vistoria nos imóveis rurais e verificar se eles têm o acompanhamento de um responsável técnico. Isso não significa que não há fiscalização, mas estamos buscando uma maneira de valorizar o profissional, dando maior apoio técnico aos produtores rurais, por meio de uma atuação mais intensiva ”, afirma.

Além disso, outro tema que estará em discussão na Câmara é a modernização do Receituário Agronômico. “A ideia é tornar o Receituário Digital e disponibilizá-lo no site do Crea-ES. Hoje o produtor precisa se deslocar até uma loja de defensivos agrícolas onde existe um profissional para emitir a receita. Com a modernização, o profissional poderá expedi-lo pela internet, por meio do site do Conselho ”, explica

Outras ações

Algumas ações iniciadas no ano passado também precisam seguir em frente, como o Acordo de Cooperação Técnica com a Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH), sobre a adoção de procedimentos que aumentem a fiscalização nas atividades que utilizam recursos hídricos, assinado em dezembro de 2014.

“O acordo foi assinado, agora precisamos operacionalizar o presente termo, ou seja, colocá-lo em prática. Iremos também realizar outras reuniões com o Idaf, assim como ocorreu em 2014, para discutir sobre a emissão do CFO e CFOC, além de dar continuidade às atividades rotineiras como análise de processos e consulta de profissionais ”, explica o coordenador da Ceagro.
Para José Roberto, a Câmara sempre buscou participar das reuniões da Coordenação Nacional para colocar em discussão o que está acontecendo no Espírito Santo. “Sabemos que é importante a nossa participação nessas reuniões nacionais, pois isso possibilita uma troca de informações de realidades bem diferentes, onde podemos ver o que os outros estados estão fazendo na área da agronomia ”.

Por Aleandro Coelho, Equipe de Comunicação do Crea-ES

pube