pube
Geral

Coreanos conhecem cafés de qualidade de Castelo

O objetivo das duas empresas não é competitivo, mas sim de comprar o café castelense todo ano

por Redação Conexão Safra

em 29/07/2014 às 0h00

3 min de leitura

Três Coreanos, compradores de café de duas empresas diferentes, a Torrefadora Tempol, de Sacramento – Califórnia, nos Estados Unidos, e a Torrefadora Jardim, da Coreia do Sul, estiveram em Castelo nesta semana, para conhecer melhor o café de qualidade produzido no município, com a intenção de comercializar em seus países os grãos cultivados aqui.

Durante a visita, ainda pela manhã, os empresários estiveram na propriedade da família Tomazini, na comunidade da Bateia, interior do município, uma referência em produção de café de qualidade, onde puderam conhecer de perto a lavoura onde são cultivados os grãos e saber como é o processo do cultivo até a colheita. Na parte da tarde, os três coreanos retornaram à cidade, e visitaram a Sala de Degustação e Classificação do Café.

pube

“A nossa Sala de Degustação do Café é de importância imensurável para este tipo de visitas, pois sem ela, não poderíamos apresentar o aroma dos cafés castelenses, atraindo os empresários de fora para fecharem cada vez mais negócios no nosso município ”, informou Gilberto Gava Marques, secretário Municipal de Agricultura, que acompanhou os estrangeiros durante a visita ao município.

Um dos visitantes, Eton Tsuno, falou sobre a satisfação do que viu no interior do município. “A chuva foi um fator importante para a nossa visita, já que ajudou a entender o porquê da qualidade, devido a todo o bom trabalho que é feito. O lugar superou nossas expectativas, o café daqui é único, no ano passado provamos vários cafés e sempre que era um lote de cafés daqui, se destacava dos outros ”, disse Eton, que elogiou ainda a Sala de Degustação do Café.

“Os trabalhos daqui são ótimos, a Sala tem um papel fundamental para o bom resultado ”. Eton é Diretor de Compras de Café Verde da Torrefadora Tempol, nos Estados Unidos, que já comprou um lote de cafés de Castelo, da região da Bateia, que já está na linha de consumo dos coreanos.

As duas empresas são renomadas, e grandes formadoras de opinião, o que dá visibilidade para os cafés castelenses. Além de Eton Tsuno, estiveram presentes durante a visita o proprietário da Torrefadora Jardim, da Coreia do Sul, Soun Yoon e a Provadora de Café Mee-Jeong Kim. O objetivo das duas empresas não é competitivo, mas sim de comprar o café castelense todo ano, para oferecer café de qualidade para o consumo no dia a dia. Há cinco anos Castelo exporta café de qualidade.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Castelo

pube