pube
Geral

Comprovação de vacinação contra aftosa também pela Internet

"Para efetuar a comprovação, os produtores terão acesso a um formulário online, que será disponibilizado, durante a campanha"

por Redação Conexão Safra

em 09/09/2014 às 0h00

2 min de leitura

Os produtores rurais terão mais uma alternativa para comprovarem a vacinação do seu rebanho contra a febre aftosa. A partir da próxima etapa da campanha, que acontece em novembro, o procedimento também poderá ser feito pela Internet e não apenas nos escritórios do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura.

Para efetuar a comprovação, os produtores terão acesso a um formulário online, que será disponibilizado, durante a campanha, no site do Instituto (www.idaf.es.gov.br).

Segundo o chefe do Departamento de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Fabiano Fiuza Rangel, o objetivo foi oferecer mais praticidade ao produtor. “Estamos disponibilizando mais uma opção para realizar o procedimento, já que, assim como a vacinação, a comprovação também é obrigatória. O processo continuará podendo ser feito também nos escritórios do Idaf nos municípios. Nesse caso, o produtor deve levar a nota fiscal da vacina, a ficha de produtor e a declaração de vacinação ”, explica Fiuza.

pube

É importante lembrar que, como há um prazo para comprovar a vacinação, o acesso ao formulário online será desativado após esse período.


Febre aftosa


A febre aftosa é uma enfermidade contagiosa, provocada por vírus e que acomete animais biungulados (de duas unhas). O Espírito Santo mantém o status de zona livre de febre aftosa com vacinação, com reconhecimento internacional, desde 2001.

A vacinação ocorre anualmente em duas etapas: em maio, quando são vacinados os bovinos e bubalinos (búfalos) com até dois anos de idade, e em novembro, quando a vacinação deve contemplar todo o rebanho.


Fonte: Idaf

pube