pube
Geral

Companhia de Rodeio Tony Nascimento entra pra história do rodeio de Barretos

por Redação Conexão Safra

em 29/10/2015 às 0h00

5 min de leitura

Companhia de Rodeio Tony Nascimento entra pra história do rodeio de Barretos

pube

Todos os anos, nos 2 últimos fim de semana do mês de agosto, o Brasil acompanha aquela que é considerada a maior festa de rodeio do país e uma dos maiores do mundo. Estamos falando da tradicional e renomada festa do peão da cidade de Barretos, interior de São Paulo. Além de sua grandiosidade, esta festa consagra os melhores do rodeio brasileiro de cada ano. Em 2015, ano em que o tema da festa de Barretos, que completou 60 anos, foi “Aqui se faz história, ” a companhia Tony Nascimento de Rodeio esteve presente a convite pelos organizadores e ajudou a escrever belas páginas desta bem contada história. Tony Nascimento, empresário do rodeio brasileiro há 26 anos, há 18 destes vem desenvolvendo um dos mais bem respeitados trabalhos de genética de pulo em sua fazenda, na cidade de Cardoso Moreira/RJ e de lá, partiu com 11 touros e 9 cavalos e éguas de seu plantel. O público que esteve em Barretos pode ver animais bem tratados e que apresentam um grau de dificuldade dos mais altos para os competidores. Dentre esses, estavam o touro Ponto Final, produto do trabalho de genética da Companhia Tony Nascimento de Rodeio e que com uma bela apresentação, possibilitou a condução ao vice-campeonato nacional do circuito da PBR (Professional Bull Rider), entidade internacional de rodeio que realizou sua final na festa de Barretos. Já o touro Celebridade, atravessou o caminho de outra celebridade. O vice-campeão mundial por 04 vezes consecutivo e campeão do mundo em montarias em touro no ano de 2008, Guilherme Marchi, liderava o campeonato de montarias em touros, o Barretos Internacional, disputado por competidores de 5 nacionalidade, na disputa com o touro da Companhia Tony Nascimento, caiu antes dos 08 segundos regulamentares para pontuar e acabou ficando na terceira melhor
posição. A companhia Tony Nascimento escreveu ainda outro capítulo desta história. Foi a única do Brasil a participar com touros e cavalos na competição e de sobra, também oportunizou a apresentação da madrinheira (amazonas que na modalidade cutiano tem a função de tirar de cima dos animais o competidor ao término das montarias e imobilizar os animais puladores) Lilian Karla, reconhecida como uma das melhores do pais em atividade, além de ser a única mulher do Brasil a apresentar cavalos dançarinos em liberdade (sem rédeas) dentro das arenas e que se apresenta exclusivamente na companhia Tony Nascimento. Assim, esta Companhia vem dando provas de que é uma das mais completas e bem preparadas para realizar eventos neste ramo em todo Brasil e, o Espírito Santo, também pode prestigiar este trabalho, já que constantemente vem recebendo em várias cidades de nosso estado apresentações da Companhia Tony Nascimento de Rodeio.


PRODUTO DE GENÉTICA DA COMPANHIA TONY NASCIMENTO, ÉGUA ATREVIDA É PREMIADA COMO A MELHOR DO PAÍS

Todo autor se orgulha de sua criação quando ela alcança o reconhecimento. Agora imagina se este reconhecimento vier na forma do título: “o melhor do país ”. A companhia Tony Nascimento de rodeio viveu, e está vivendo esta emoção, pois alcançou o maior destaque da festa de Barretos 2015 na categoria de melhor animal na modalidade Cutiano (disputa sobre o lombo de cavalos e éguas). Não bastasse o título de segundo melhor animal da modalidade conquistado com a égua Ressaca, o grande destaque deste ano foi mesmo a égua Atrevida. Barretos parou para assistir as apresentações desta égua que, até então, era desconhecida no rodeio pelos competidores, já que este é o primeiro ano oficial de disputas deste animal nas arenas. O que quem estava presente viu, foi à conquista do título de “Melhor animal brasileiro do Cutiano de 2015 ”. Fazendo jus ao nome, ela aprontou com os peões que atravessaram seu caminho na tentativa de doma-la. Com apresentações que escreveram em letras grandes nas páginas do livro de história do rodeio de Barretos 60 anos, ela voltou do interior de São Paulo invicta, ou seja, nenhum competidor conseguiu permanecer os 08 segundos sobre ela e, pisando leve, passou a ser o diamante mais brilhante da fivela de campeão que a Companhia Tony Nascimento ganhou e trouxe para o Rio de Janeiro. “A égua atrevida confirmou todas as nossas expectativas. Estávamos apostando que ela seria capaz de ganhar este título, já que suas apresentações tem sido de excelente qualidade de pulos, mas, além da fivela de melhor animal, este título nos dá a convicção que estamos no caminho certo. O trabalho de genética de pulo que desenvolvemos e feito com muita determinação, carinho e respeito com os animais de nosso plantel. Portanto, para mim, esta vitória tem um duplo significado, pois além do título, nos deixa claro que estamos no caminho certo para produzir animais atletas de alto rendimento. Vamos dar continuidade neste trabalho que além do conhecimende ganhar este título, já que suas apresentações tem sido de excelente qualidade de pulos, mas, além da fivela de melhor animal, este título nos dá a convicção que estamos no caminho certo. O trabalho de genética de pulo que desenvolvemos e feito com muita determinação, carinho e respeito com os animais de nosso plantel. Portanto, para mim, esta vitória tem um duplo significado, pois além do título, nos deixa claro que estamos no caminho certo para produzir animais atletas de alto rendimento. Vamos dar continuidade neste trabalho que além do conhecimento científico e prático, tem no bem estar animal um dos seus segredos ”, disse o empresário Tony Nascimento a (colocar o nome da revista). Portanto, quem tiver a oportunidade de assistir a um dos rodeios que a Companhia Tony Nascimento realiza pelos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, poderá conferir de perto a performance que premiou todo um trabalho que vem sendo desenvolvido a vários anos.

Texto Wanderson de Souza &ndash, Juiz, e diretor de rodeio Fotos André Silva