Geral

Chuvas no Sudeste interrompem colheita do café e derrubam qualidade do grão

A chuva que tanto beneficiou a safra brasileira de café arábica nesta temporada, agora se transforma no maior problema do produtor...

por Redação Conexão Safra

em 08/06/2016 às 0h00

2 min de leitura

pube
A chuva que tanto beneficiou a safra brasileira de café arábica nesta temporada, agora se transforma no maior problema do produtor. No Sudeste brasileiro, as chuvas frequentes não estão dando trégua para a colheita do grão. Já são vários os relatos de paralisação da colheita e queda da qualidade do produto.

Sul de Minas
No Sul de Minas, além de atrapalhar a colheita, a água tem feio os grãos racharem e caírem na terra molhada, interferindo na qualidade. Há propriedades que já colheram alguma parte da produção e colocaram os grãos no terreiro protegidos por lona, porém o café está embolorando, ou seja, fermentando.

São Sebastião do Paraíso/MG
No município mineiro de São Sebastião do Paraíso chove há mais de 12 dias e os trabalhos de colheita estão interrompidos. Além de enfrentar a alta umidade, algumas localidades registraram queda de granizo, o que derrubou muitos grãos no chão. Para o Sindicato Rural do município, este café já é considerado chuvado. Há relatos de grãos rachando no pé, o que propicia a entrada de fungos.

Cerrado Mineiro
No Cerrado Mineiro a colheita também está paralisada e o excesso de água prejudica o pós-colheita, dificultando a secagem do café. A preocupação é com a chegada de uma nova frente fria, o que pode prejudicar a qualidade do grão. Alguns produtores estão fazendo aplicação de cal virgem nos cafés não descascados para evitar que ocorra a fermentação.

Fonte: Sistema Brasileiro do Agronegócio

pube