pube
Geral

Cafeicultura Sustentável é tema de dia de campo em Pedro Canário

Cerca de 30 produtores rurais e algumas autoridades locais participaram...

por Redação Conexão Safra

em 26/10/2015 às 0h00

3 min de leitura

pube

Cerca de 30 produtores rurais e algumas autoridades locais participaram do Curso de Cafeicultura Sustentável, em Cristal do Norte, distrito de Pedro Canário. O evento aconteceu no salão paroquial da Igreja Católica local e foi promovido pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico do Café (Cetcaf), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).


O objetivo principal do curso foi alavancar o cultivo do café conilon no município, de forma sustentável, em função da importância da cultura, especialmente para o Espírito Santo, que possibilita geração de renda e emprego. Quem ministrou os cursos foi o engenheiro agrônomo do Incaper e do Cetcaf, Marcos Moulin Teixeira, o engenheiro agrônomo do Cetcaf, Frederico de Almeida Daher e o agente extensionista e chefe do escritório local do Incaper em Pedro Canário, Thiago Carvalho Nogueira.


Foram três dias de campo e os principais temas abordados foram a escolha da área de plantio, coleta de amostra de solo, variedades e plantio, irrigação, controle integrado de pragas, doenças e plantas invasoras, poda, melhoria da qualidade da produção, tratamento, colheita e pós-colheita, calendário agrícola da cafeicultura e plano de ações. Além disso, o curso abordou temas essenciais como a implantação e manejo da irrigação, principalmente observando os horários para este procedimento conforme orientações do Governo, devido à crise hídrica.


No último dia, os participantes foram visitar a lavoura de café na propriedade rural do senhor Nilton Cesar Mendes Amorim, onde foram realizadas demonstrações de poda do café conilon, transplantio de mudas para o campo, adubação de plantio e de cobertura da lavoura.


Segundo Thiago Nogueira, o curso foi muito produtivo porque despertou o olhar mais técnico em todas as fases da cadeia produtiva do café conilon. “Ficou clara a importância de se fazer uma boa amostragem de solo para análise, fundamental na recomendação de correção e adubação, por exemplo ”, contou. “Os produtores se capacitaram no intuito de alavancar a cafeicultura no município de forma sustentável ”.


A cafeicultura em Pedro Canário se expandiu nos últimos anos. Atualmente a área plantada de café conilon está em torno de 500 hectares, com lavouras em formação e lavouras em produção, praticamente todas irrigadas, e com produtividade média de 60 sacas por hectare.



Irrigação


Devido à falta de chuvas e o consequente prolongamento da escassez de água no Estado, a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) vai manter o cenário de alerta e prorrogou por mais 30 dias as restrições na captação de água em todo o Espírito Santo.


A Resolução 010/2015 foi publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (20), e mantém a prioridade para o abastecimento humano e animal em todas as bacias hidrográficas de domínio estadual, prorrogando as restrições ao uso da água.



Segue a nova lista dos municípios com abastecimento de água em situação extremamente crítica:


Municípios Mananciais onde a água não pode ser captada
Serra Córrego Chapada Grande (Cidade Nova da Serra)
Barra de São Francisco Córrego Baiano/Córrego Nicolini / Rio Itaúnas
São Roque do Canaã Rio Santa Maria do Doce
Santa Teresa Rio Santa Maria do Doce
Vila Pavão Córrego Socorro
Ecoporanga Córrego Facão
Alto Rio Novo Córrego Rio Novo
Itaguaçu Rio Santa Joana
Itarana Rio Santa Joana
São Mateus Rio São Mateus
Pancas Córrego Floresta
Mantenópolis Córrego Santa Luzia/Córrego da Onça e Ribeirão Manteninha
São Gabriel da Palha Rio São José

pube