pube
Economia

Banestes divulga lucro líquido de R$ 68 milhões

Recebem destaque as receitas com crédito e a queda do custo com risco de crédito.

por Banestes

em 16/05/2024 às 5h00

5 min de leitura

Banestes divulga lucro líquido de R$ 68 milhões

Foto: Divulgação/Site Banestes

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) divulgou o lucro líquido de R$ 68 milhões registrado no primeiro trimestre de 2024, nesta terça-feira (14), via teleconferência. Recebem destaque, principalmente, as receitas com crédito, que avançaram 12,6% em 12 meses, e a queda do custo com risco de crédito, com -10,6% em 12 meses.

O lucro representa queda de -3,2% em relação ao primeiro trimestre de 2023, no entanto, o lucro líquido recorrente do período cresceu 10,1%, diante da exclusão de efeitos econômicos das reversões de contingências de processos fiscais ocorridos em março de 2023. O lucro líquido registrado corresponde a R$ 0,22 por ação, rentabilidade anualizada sobre o Patrimônio Líquido médio (ROE) de 17,0% e retorno anualizado sobre o Ativo Total médio (ROA) de 0,9%.

As informações foram transmitidas pela diretoria da instituição financeira via YouTube, no canal oficial do Banestes www.youtube.com/@BanestesTV. Os dados completos podem ser consultados no site de Relações com Investidores, além das páginas da Comissão de Valores Mobiliários e da B3.

O Faturamento no trimestre totalizou R$ 1,4 bilhão (-0,8% em 12 meses e -4,2% em 3 meses). A Margem Financeira Líquida alcançou R$ 268 milhões, elevação de 14,0% ante o mesmo período de 2023. Na mesma comparação, o Resultado Operacional atingiu R$ 105 milhões, retração de 6,4%; já no conceito recorrente, há crescimento de 8,7%. O Índice de Eficiência Operacional foi de 56,1% e a Eficiência Operacional Ajustada ao Risco atingiu 66,7%.

pube

“Estamos entregando mais um resultado positivo e compatível com o cenário econômico atual. O lucro apresentado no trimestre é resultante de fatores como a estratégia de alocação e posicionamento dos ativos financeiros em tesouraria, o esforço e a intensidade na expansão da carteira de crédito comercial, o estreitamento relacional com nossa base de clientes e seu atendimento, a gestão da qualidade do crédito, o monitoramento e controle dos impactos do risco de crédito via estruturação de ativos, a gestão dos custos operacionais administrativos e o posicionamento estratégico da operação de seguros”, destacou o diretor-presidente do Banestes, Amarildo Casagrande.

Foram destinados aos acionistas, no primeiro trimestre de 2024, o valor de R$ 22 milhões a título de juros sobre capital próprio, que representa a distribuição de 31,6% do lucro líquido do período. Desse montante, R$ 20 milhões foram destinados ao acionista controlador, o Estado do Espírito Santo, valor esse que pode ser investido de acordo com as prioridades do governo estadual.

O Patrimônio Líquido atingiu R$ 2,3 bilhões, crescimentos de 9,7% contra o 1° trimestre de 2023 e 2,5% em relação à posição do trimestre anterior. O saldo dos Recursos de Terceiros Captados e Administrados somou R$ 45,5 bilhões, crescentes 12,5% contra a posição de março de 2023 e 3,5% contra o trimestre anterior. Já os Recursos Aplicados (Ativo Total) registraram R$ 42,7 bilhões, avanços de 15,0% em doze meses e 2,9% contra o trimestre anterior, influenciados, principalmente, pelos recursos movimentados em tesouraria e pela expansão dos recursos em operações de crédito.

A Carteira de Crédito Ampliada atingiu o montante de R$ 13,2 bilhões em março de 2024, superando em 11,0% o mesmo período de 2023 e em 3,3% a posição do trimestre anterior. A Carteira de Crédito Comercial alcançou R$ 10 bilhões, crescendo 21,0% em doze meses e 5,3% contra a posição do quarto trimestre de 2023.

A nota de rating do Banestes é AA+(bra) com perspectiva estável concedida pela Fitch Rating – agência de classificação de risco. Em sua análise, a agência relata uma visão positiva quanto à estrutura de governança corporativa e o sólido perfil financeiro do banco, que via de regra é sustentado pela estabilidade e força dos indicadores de rentabilidade, capitalização, captação e liquidez.

O Banestes manteve relacionamento com a base de 1.381.461 clientes (+4,2% em 12 meses), sendo que a base de clientes pessoa jurídica expandiu 4,4%, enquanto a base de clientes pessoa física avançou 4,1%. Seguindo o mesmo comportamento, o número de contas correntes cresceu 6,2% atingindo 996.859 contas. As contas de poupança somaram 648.459, elevação de 1,5% nos últimos 12 meses.

Tecnologia

No primeiro trimestre de 2024, o Banestes deu início ao Programa Inov.AI, uma iniciativa que visa democratizar o acesso à tecnologia e desenvolver talentos com o objetivo de disseminar a utilização da tecnologia Low-Code no Sistema Financeiro Banestes, gerando maior agilidade e flexibilidade no desenvolvimento das aplicações menos complexas.

Neste período, a partir de avaliações de soluções de Inteligência Artificial (IA) generativa, conhecendo os benefícios, uso e aplicabilidade desse tipo de tecnologia, foi implantado também o “Sab.IA”, uma solução de Assistente Inteligente que visa aprimorar o atendimento interno dos colaboradores do SFB, melhorando a qualidade, a eficiência e a produtividade, além do tempo de atendimento, otimizando a busca por informações estruturadas no formato de chatbot. A solução apresenta modelo de IA próprio com tecnologia de origem 100% capixaba, desenvolvida por startup incubada na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Clique aqui e receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro do que acontece no agronegócio!